Páginas

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

SÊNECA - TRATADO SOBRE A BREVIDADE DA VIDA

        
         São tantos livros maravilhosos para ler que não sabemos às vezes por onde começar... Tenho alguns que me olham a perguntar, não vai me ler ainda? E eu de repente descubro um que não tenho e então leio justo esse livro. Foi o que aconteceu quando vi a resenha da minha última escolha e aquisição, em um blog que visito, do Josafá Crisóstomo. E fui em busca do livro ... Leitura enriquecedora, diga-se de passagem.
         Terminei de ler então, o belo Tratado sobre a Brevidade da Vida, de Sêneca, que escrito há quase dois mil anos, discorre sobre a finitude do tempo, a fragilidade da vida e como devemos aproveitá-la melhor. E da transitoriedade da vida fica que, nós precisamos aprender a usar melhor nosso tempo para desfrutar de uma vida mais rica, isso temos! O que me admirou mesmo nessa obra foram à atualidade das suas palavras, idéias que se prestam ainda a nossa maneira de viver, de agir e de pensar.
        Hoje vivemos em um mundo acelerado, em que o conhecimento e as informações se atropelam, as pessoas vivem do/no mundo do espetáculo, gostam de se expor, confundem o público com o privado e nessa ciranda global nada mais atual que uma das célebres frases de Sêneca nesse livro “Ninguém permite que sua propriedade seja invadida, e, havendo discórdia quanto aos limites, por menor que seja, os homens pegam em pedras e armas. No entanto, permitem que outros invadam suas vidas de tal modo que eles próprios conduzem seus invasores a isso”. Fiquei surpresa, como um pensamento simples escrito na antiguidade descreve assim o que vivenciamos no nosso presente!


12 comentários:

  1. Valéria querida,
    Fiquei muito feliz que essa dica de leitura tenha feito tão bem a você. O mais bacana é que, ao que parece, o bem viver não tem dificuldade alguma em atravessar o tempo e o espaço por que ele é composto de atitudes muito simples, embora essenciais, não é mesmo? O mais gostoso da experiência na blogosfera é poder mesmo compartilhar, com todos os que vamos encontrando, esse mesmo bem viver, a descoberta do que se constitui isso: pelas lições dos bons amigos, dos livros e etc., ou seja, de tudo o que vem dos bons!
    ;-)

    ResponderExcluir
  2. realmente coisa para parar e pensar. como nos deixamos invadir de tantos modos sem nos preocuparmos com isso, não é mesmo? um abraço. bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Oi Josafá!
    Estamos em constante aprendizado(segundo Sêneca da própria vida) e graças as boas informações que obtemos de alguns, sempre enriquecendo...Obrigada pela dica e que venham mais...

    ResponderExcluir
  4. Oi Welze!
    E pensar que ele escreveu isso há quase dois mil anos e se encaixa tão bem ao que vemos hoje...

    ResponderExcluir
  5. OI Valéria,
    Não li Seneca (foi ele o educador de Nero, não que leve alguma culpa por tal feito). Vou procurar pois de ve ser ótimo.
    Bjkas e um ótimo sábado para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Betty!
    O livro é maravilhoso, leia!
    Quanto a Sêneca, embora tenha tentado oferecer o que tinha de bom para Nero até sendo seu conselheiro pagou com a própria vida... bjo

    ResponderExcluir
  7. também já conclui exatamente isto, todos os sábios de todos os tempos são atemporais.
    excelente reflexão, beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Jeanne!
    É verdade, por isso gosto de ler clássicos, é sempre uma leitura enriquecedora.Bjo

    ResponderExcluir
  9. Ola Valeria, o que me ocorre com o pensamento de Seneca ser tão antigo e caber tão bem nos tempos de hoje, é que o ser humano não mudou tanto assim desde então. Até evoluiu,em questões tecnologicas, mas a essencia, pelo jeito ainda é a mesma, sempre preocupados com as aparencias, com as opiniões alheias, com a superficialidade. Isso me faz lembar de uma frase singela, do Pequeno Principe : " O essencial é invisivel aos olhos" para mim resume de forma simples como deveriamos encarar a vida.

    Bjo
    Luciana
    P.S. Obrigada por suas visitas, fico muito feliz com seus comentarios.

    ResponderExcluir
  10. Oi Luciana!
    Você tem razão e nesse livro ele escreve para essas pessoas que só pensasdo em futilidades esquecem de viver a verdadeira essência da vida. Gosto muito dessas leituras que dizem o que sabemos, mas que não paramos para pensar...

    Gosto muito de arquitetura e decoração daí achar seu blog muito legal.

    ResponderExcluir
  11. boa tarde Valeria, adorei seu blog. Fui a livraria a procura do tratado de seneca, porém só encontrei em espanhol, vc pode me indicar um título em português?

    Um forte abraço.

    Paulo (pcrfarias@hotmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulo!
      Seja bem vindo!
      O título do tratado que li é justamente este do post, Tratado sobre a brevidade da vida.
      Que bom que gostou!
      Abraço e volte sempre!

      Excluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...