Páginas

sábado, 19 de março de 2011

CHILE - VINÃ DEL MAR E VALPARAíSO - 4º DIA

         Como viajei com o propósito de conhecer todas as casas de Neruda, decidimos procurar uma agência para fazer os passeios a Valparaíso e Isla Negra onde estão as outras duas casas museus. Daqui mesmo agendei os dois passeios, o de Valparaíso vem atrelado a uma visita a cidade de Viña Del Mar que fica coladinha uma na outra, quase não se precisa onde termina uma e começa a outra. E o outro passeio de Isla Negra vem acompanhado de uma visita a uma vinícola do Vale de Casablanca.
        O nosso primeiro passeio foi o de Valparaíso e Viña Del Mar, duas cidades costeiras que ficam à uma hora e vinte minutos de Santiago. Começamos por Viña, também chamada de Cidade Jardim, claro, que por ter muitos jardins e o principal deles representado por um emblemático relógio de flores sempre cercado de muitos turistas e suas máquinas fotográficas. Foi tudo muito rápido, um city tour comentado, passando pela praça, a Catedral, o Cassino Municipal, a Biblioteca ainda bastante deteriorada pelo terremoto, o Museu Arqueológico Francisco Fonck com sua principal atração um Moai original da Ilha de Pascoa com direito a dançarinas fazendo um número de dança originária da Ilha. Vimos o belo parque Quinta Vergara que infelizmente estava fechado, com seus monumentos na entrada homenageando os grandes poetas chilenos Gabriela Mistral e Pablo Neruda por serem ganhadores do Premio Nobel, e que mesmo no coração da cidade é formado por uma extensa área verde composta de grandes jardins, floresta, escadinhas, caminhos, uma colina e um anfiteatro que serve em fevereiro para o Festival Internacional da Canção e em outubro para o Festival de Cinema de Vinã Del Mar, onde se encontra também o Museu de Belas Artes. Embora seja uma cidade moderna aí ainda se vê muitas charretes chamadas de Victorias, transporte típico da região muito usado por turistas para conhecer a cidade em grande estilo. Fizemos um passeio pela orla com suas construções em forma de degraus que desce seguindo o relevo e sua brisa fresca do pacífico. É uma cidade onde uma nova arquitetura convive de maneira planejada com o antigo. Na bonita orla se encontra o Restaurante Castillo Del Mar, onde almoçamos e invariavelmente tomei meu suco de framboesa e o marido um pisco sour para acompanhar nosso prato, Palta cardeal, que nada mais é do que abacate coberto com centolla (que é aquela espécie de caranguejo gigante típico do Chile) cozida ao vapor, muito gostoso, mas com muito abacate para pouca centolla...
O Moai no Museu Fonck

Dançarinas típicas

A Biblioteca

A orla marítima, águas do Pacífico

A orla vista do ônibus

Esculturas de areia

O famoso relógio

Belos jardins

Meio de transporte típico

O Restaurante Castillo del Mar

Paisagem da orla vista de um mirante

A Palta Cardeal

          Já Valparaíso que foi por muito tempo a vizinha rica e desenvolvida em decorrência de seu outrora famoso porto foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pelo charme de suas fachadas cheias de história e também é sede do Congresso Nacional desde 1980. É tradição também quanto ao ensino superior oferecido pelas suas cinco grandes universidades públicas, com destaque para a Universidad Técnica Federico Santa María que funciona em um belíssimo prédio. Sua arquitetura diversificada de construções antigas e modernas em bairros coloridos que descem a encosta empresta a cidade uma paisagem diferente, singular.  Esta é uma das características interessantes desta cidade, a verticalidade que tem como consequência a presença de elevadores que sobem e descem de seus morros. Parece que parou no tempo com seus ônibus elétricos que hoje são considerados um transporte que não polui e por isso terá seu sistema ampliado, e seus elevadores pitorescos (hoje muitos deles se encontram quebrados) que permitem o acesso aos bairros mais altos e é um símbolo da cidade.Tem a aparência de cidades do século passado e possui muitos edifícios em mau estado de conservação, é uma viagem no tempo. Aí visitamos a segunda casa de Pablo Neruda, La Sebastiana, a Plaza de Sotomayor onde ficam o edifício da Armada do Chile e o imponente monumento aos heróis de Iquique, heróis esses da guerra do Pacífico entre Chile e Peru que tinha como aliada a Bolívia.
A Estação e os ônibus elétricos

A cidade e o Pacífico vistos da casa de Neruda

A Plaza de Sotomayor

O Edifício da Armada

Monumento aos heróis de Iquique

La Sebastiana - A casa de Neruda
Porto de Valparaíso - Foto de Sérgio Schmiegelow

         Os passeios que fizemos com a Turistour foram caros e não tão proveitosos. Não sei se por outra empresa seriam mais interessantes. Vimos o basicão, neste dia nossa guia Viviana era mais animada e falante, nos forneceu muitas informações. Já no passeio seguinte de Isla Negra, o guia Raime, um senhor meio fechado que pouco falou, embora demonstrasse conhecimento, conversava quando era questionado por alguém em particular. Acho, não, tenho certeza, que os passeios foram muiiito caros para o que nos foi oferecido. Portanto se você não tem tanto interesse em conhecer as casas de Neruda como eu tinha não indico esta empresa para a realização destes passeios. Fiquei um pouco decepcionada, minha recompensa foram os Museus Neruda.
         Com reserva feita para jantar, a noite ainda nos revelaria uma bela surpresa, a maior que tivemos uma experiência gastronômica que de tão especial será descrita em um futuro post.

10 comentários:

  1. Oi Valéria,
    Tb estive em Viña Del mar. A cidade é linda e chic! Estive na Quinta la Sebastiana e queria construir uma casa igual aquela qdo voltei para o Brasil, de tão encantada que fiquei.
    Bjkas e um ótimo sábado para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  2. Valéria
    Essa série sobre o Chile está espetacular! Cada novo post me dá vontade de conhecer a cidade. Estou gostando desse clima de suspense para o post seguinte.
    Abraços e bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Nós temos muita vontade de conhecer o Chile. Planejamos nossa viagem só para 2013 ou 14. Parabéns pela viagem, deve ter sido maravilhosa. Beijo grande.

    ResponderExcluir
  4. Oi Valéria!!!
    Que viagem maravilhosa!!! Adoro passear por aqui!!! As fotos ficaram lindas!!! Espero um dia ter o prazer de conhecer este lugar especialmente a casa de Pablo Neruda!!! Você tem muito bom gosto. Nunca provei “A Palta Cardeal” , deve ser delicioso, uma comida exótica, não sabia que centolla era a espécie de caranguejo gigante do Chile, aprendi mais um pouco sobre esta cultura. O meio de transporte é um sonho. Amei o post!!!
    Bom fim de semana!!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  5. Oi!!!!

    Betty!
    Não deu para curtir muito a cidade e apreciar tanto de suas belezas, sempre fica um gostinh de quero mais nesses passeios. Também adorei La Sebastiana!

    Jorge!
    Assim como o Chile me conquistou aos poucos, vou fazer a cada post com que ele conquiste você. Pelo que vejo nos seus textos, você vai gostar muito das belezas do Chile, mais particularmente de Santiago. No Chile você encontra um misto de tudo, lagos, desertos, montanhas, tudo, é o máximo! Ainda faltam 3 posts, espero que goste!

    Cristiana!
    Obrigada! Foi espetecular! Você certamente vai gostar e tirar as belas fotos que costuma postar
    em seu blog!

    Bia!
    A palta cardeal é um prato muito bom já que a cenolla é crustáceo delicioso, já havia comido preparado de outra forma. Vou escrever um post só sobre as 3 casas, que amei!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Neruda é um homem apaixonante. Quando falo dele, sempre lembro de O carteiro e o poeta, o primeiro contato que tive com este autor.
    Adorei seu relato.
    Xero

    ResponderExcluir
  7. Ah Neruda!!!!!!!!!!como gosto de suas palavras. quantos lugares lindos para se ver. ainda bem que vc me está mostrando tudo. só tenho a agradecer. um lindo dia para vc. a prefeitura daqui de Sorocaba, está sim fazendo a parte dela direitinho.

    ResponderExcluir
  8. Oi!!!

    Pipa!
    Além de apaixonante foi também muito atuante, que vida emocionante, quanto talento!

    Welze!
    Eu que agradeço por sua visita!
    Vou escrever um post só sobre ele e suas casas museus, me aguarde!
    Realmente a prefeitura de sua cidade é muito
    eficiente!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Muito bom conhecer cada vez mais lugares no teu blog. Já estou curiosa pelo próximo,rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Jeanne!
    E eu estou adorando refazer a viagem ao escrever os posts para vocês...Bjos

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...