Páginas

segunda-feira, 30 de maio de 2011

MONTEVIDÉU - UM OLHAR DIFERENTE

            Andar pelas cidades, flanar... Nesta gostosa atividade de tudo se vê, de um tudo se descobre!
           Assim nos deparamos por indicação do recepcionista do Museu Gurvich com um Museu de Azulejos. Para mim inédito! Um espaço com 4.500 azulejos de épocas e estilos diferentes distribuídos em três andares de um modesto edifício no centro da cidade. Eram azulejos valencianos e franceses desde o início do século XX. Catalães, napolitanos, valencianos dos séculos XVIII e XIX pintados a mão. Espanhóis de Sevilha desde o séc. XV com cenas do cotidiano, com brasões e cenas com D. Quixote. Alemães em alto relevo. Ingleses do final do séc. XIX. Franceses com figuras geométricas, flechas e arabescos do séc. XIX. O inesperado e que fugindo do circuito turístico a recepcionista acho que por incredulidade nos encheu de perguntados sobre a nossa descoberta do museu.










            Voltando a 18 de julho nos deparamos com a Plaza Fabini onde ao som de tangos tocados em um aparelho de som diversos casais da terceira idade balançavam seus corpos na tentativa de ousadas performances. Mais alguns ficavam sentados e ao fim de cada música se revezavam a bailar.




            Continuando nosso passeio em meio ao transitar de pessoas no seu ir e vir diário ou necessário encontramos em uma esquina movimentada a Fonte dos cadeados que possui a lenda que diz que quem ali colocar um cadeado com as duas iniciais de pessoas que se amam ali voltarão juntas e terão a promessa de um juntos para sempre.


23 comentários:

  1. Lindo e diferente olhar sobre a cidade linda! beijos,

    chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica!
    Obrigada pela visita e as palavras gentis!
    Bjo e ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. OI Valéria,
    Eu ia ficar louca em um museu do azulejo. Adoro azulejos e seus desenhos, qto mais antigos mais surpreendentes.
    Bjkas e uma ótima semana para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  4. Valéria, estou encantada com esse passeio(incluindo post anterior).
    Principalmente a mostra desses azulejos. Um show!

    xeros

    ResponderExcluir
  5. Oi Val!!!

    Muito bom iniciar a semana passeando pelas ruas de MONTEVIDÉU com sua cultura e sua arte tão bela. Adorei os casais dançando ao ar livre.
    Uma Feliz Semana!!!
    Bjus
    Bia

    ResponderExcluir
  6. Oi Valéria

    Lindos os ajulejos. Adoraria tê-los em casa.
    Realmente um lindo olhar diferente pela cidade. Que delícia esses casais dançando na rua.
    Ah preciso colocar um cadeado nessa fonte. rsrs

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  7. Oi Garotas!

    Betty!
    E eu não fiquei?!
    Eram todos lindos, mas não tinha como sair tirando tantas fotos. Havia uns beem antiguinhos. Me surpreendi!

    Ana Karla!
    Foram passeios muito bons mesmo!
    O Museu do Azulejo passa despercebido, se o rapaz super educado que atende no Museu Gurvich não houvesse falado não saberíamos nunca. Amei!

    Bia!
    Ai achei lindo os casais também! Todos muito arrumados e revezando nas danças, filmamos também! Tem alguns deles que pouco conseguem andar de tão velhinhos, mas estão lá tentando seus passinhos. Lindo!

    Nilce!
    E meu marido falou que só eu mesma para ir a um Museu de Azulejo! A própria senhora ficou admirada perguntou mais de uma vez onde ouvimos falar daquele museu, mas gostei do que vi, muito criativos e originais!
    Menina é muuiito cadeado e começou não faz muito tempo!

    Beijão em todas e uma semana iluminada!

    ResponderExcluir
  8. Olha só! Achei que esse negócio de cadeados dos apaixonados fosse coisa só da Europa. Muitas capitais por aqui têm lugares semelhantes... pontes, portões, etc. Acho que é universal, né?
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Estou "viajando" com seus posts maravilhosos rs
    beijos Valéria e uma semana de paz

    Yasmine

    ResponderExcluir
  10. Oi!!

    Ernani!
    Acho que esta idéia já foi importada, tanto que faz mais ou menos um ano que começaram com isso lá.

    Yasmine!
    Que bom! Adoro ter vocês como companheiros de viagem!

    Bjos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  11. Maravilha de passeio. Adorei o quadro da garça!
    gd beijo

    ResponderExcluir
  12. Oi Gilmara!
    Foi mesmo um passeio legal! Também achei lindo, percebeu que é em alto relevo?

    Enviei um e-mail para você, não estou conseguindo comentar em seu blog, não abriu a caixa de comentários.

    Beijão e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  13. Muito bom viajar, conhecer lugares e pessoas. Adoro. As imagens estão lindas.
    Bjux

    ResponderExcluir
  14. Oi Valéria mais fotos lindas. Oh vontade de conhecer rsrsrs. Passei aqui pra te agradecer o carinho e te desejar uma noite de alegrias. Bons sonhos.

    ResponderExcluir
  15. Valéria..muito bacana, as fotos e tudo que você nos conta, não conheço Montevidéu..e estou com muita vontade em visitar! Viajar é tudo de bom..é um dos presentes necessários que devemos sempre nos oferecer!
    Bjão e boa noite
    Roberta

    ResponderExcluir
  16. Oi Valéria, continuo passeando com vocês e adorando! Os azulejos são maravilhosos e realmente contam a história de um povo.
    Muito legal a fonte dos cadeados, pelo jeito faz muito sucesso.
    Agora duas perguntinhas: Vocês não bailaram?
    Vocês não puseram um cadeado na fonte? Mecontatudo.Rssrsr...
    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Oi!!!!

    Wanderley!
    Viajar é mesmo tudo de bom! Também adoro! A proxima é para as Minas Gerais!

    Val!
    Obrigada você também pelas palavras gentis. E vamos viajar!

    Roberta!
    Viajar é uma das melhores coisas que há. Montevidéu vale a pena. Obrigada pelo carinho!

    Silvia!
    Pois é! Não bailamos nem colocamos cadeados.rsrs
    Foi tudo descoberto naqueles momentos, na surpresa. Amei os azulejos! Bem diferentes.

    Beijos e obrigada pelas visitas!

    ResponderExcluir
  18. Que delícia de viagem, ein?! Uma filha com o meu nome? Nossa, modéstia a parte, esse nome é lindo, rs. É romântica, mas tem personalidade forte. É comunicativa, mas às vezes reserva-se de tal modo que torna-se quase intransponível. É carinhosa, e também adora carinho. Se apega fácil às pessoas, e é prestativa. Se ela for assim, é um mal das Déboras! Ou um bem! rs
    As fotos estão lindas, Val! Assim como a postagem.

    Beijos,
    Débora.

    ResponderExcluir
  19. Oi Débora!
    Obrigada pela visita!
    Só mesmo falando com a propriedade de ser uma Débora a descreveria tão bem. Deve ser característica das Déboras, igual.rsrs
    Beijão!

    ResponderExcluir
  20. e a vontade que eu tenho de viajar... =/
    mas não da, tem trabalho e facul e tals neh
    hehe
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi May!
    Obrigada pela visita e seja sempre bem vinda!
    Este período passa logo e você em breve terá muito tempo para viajar. Tudo em seu tempo!
    Bjos e boa sorte!

    ResponderExcluir
  22. Valéria, em Montevidéu e especificamente passando pela Fonte dos cadeados não deu outra, comprei um cadeado e mandei gravar o seguinte texto: Hoje é 12/2010, a sorte prá te buscar é com você.
    Estou com a chave do cadeado aguardando sorte para ir buscá-lo.
    Fiz isso com Paris, Florença, Lisboa e Londres, deu tudo certo e agora estou indo em Agosto para a Europa pegar meus cadeados de volta.
    Grande abraço Valéria.

    ResponderExcluir
  23. Oi WAlter!
    Sensacional!
    Não tive nenhuma idéia na hora, a não ser fotografá-los. Dei bobeira!
    Acho que quando for para esses lugares novamente já levarei um. rsrs
    Abraço

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...