Páginas

segunda-feira, 20 de junho de 2011

MEIA NOITE EM PARIS - O FILME

         
           Como grande apaixonada pela cidade luz fui este final de semana assistir ao filme Meia-Noite em Paris, o filme mais badalado do Festival de Cannes desse ano. Claro que um dos motivos da badalação do novo trabalho de Woody Allen, foi a presença no filme da primeira-dama da França, Carla Bruni-Sarkozi. De início me surgiu uma resistência, a participação de Owen Wilson como protagonista, mas logo no início do filme sua atuação como o alterego do próprio Woody Allen fez cair minha idéia pré-concebida do jeito caricato de outras atuações.
           Tendo como cenário a bela e apaixonante Paris que se mostra em todo seu esplendor em belas imagens seja pela manhã, à tarde ou à noite, chovendo ou fazendo sol é sempre acompanhada de uma bela trilha sonora do jazzista Cole Porter que empresta a todo o conjunto um certo clima cool.
           A história nos mostra os conflitos de um americano de passeio em Paris com a família da noiva, Owen Wilson no papel de Gil Pendler que vivendo a magia de Paris a meia noite viaja no tempo e passa a viver nos anos 20, seu grande sonho como escritor, o que o faz ao conviver com grandes nomes das artes daquela época reavaliar seus conceitos e sua vida trazendo à tona o pensamento de que ter uma vida diferente, viver em outra época poderia ser a solução para a sua vida insatisfatória. Woody Allen usando da metalinguagem, característica de seu estilo, apresenta sem fugir a regra seus conflitos existenciais pautados na questão da fuga dos seus personagens de uma vida desagradável e a busca ilusória da felicidade em um plano irreal.
           No entanto para minha satisfação a grande protagonista da história é mesmo a bela cidade luz, Paris está mais fotogênica do que nunca seja em seus cartões postais apresentados no início do filme, seja nos recantos que fazem dela especial, cenário que faz aflorar e dissipar todas as dúvidas do então sonhador Gil.

25 comentários:

  1. Ei Valéria, bom dia
    Que coincidência, menina. Seu post tá mais completo, eu não quis falar sobre o enredo, somente sobre a maravilhosa Paris.
    Amei, fiquei emocionada, meus olhos se encheram de lágrimas, as cenas dos pontos importantes, eu reconhecendo cada um, sem nunca ter estado lá.
    Preciso ver de novo.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Queria um dia conhecer Paris.Quem sabe...
    Boa dica Valéria ,sua narrativa está perfeita cheia de imagens nas entrelinhas.
    beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Oi Valéria, obrigada por me levar para conhecer um bom filme e Paris, a Cidade Luz, através da sua narrativa.
    Acho que vou ao cinema assistir ao filme.
    Paris eu deixo para uma outra oportunidade.Rsrs...
    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Oi Val!!!

    Estou ansiosíssima para ver este filme, pretendo ir ver esta semana, apesar de não gostar de Wood Allen, este filme eu não quero perder de jeito nenhum, sou cinéfila!!!
    Ótima semana!!!
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhh Val, prefiro Viena, viu ;)))
    Viu como já virei austríaca roxa???
    Brincadeira, cada país tem seu encanto, peculiaridade, e Paris é encantadora, apesar de tudo caaaro, na hora da morte.

    Eu vou gostar de assistir esse filme adoro filmes assim, com fotografia interessante.

    Beijinhos, obrigada pela dica, adoro dicas de filmes.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Val!
    Já queria assistir, agora depois do seu post não vejo a hora de ir à "cidade grande" para assistir...
    Um xero!

    ResponderExcluir
  7. Oi Valéria,
    Estou doida para ver este filme, pois amo Woody Allen!
    Bjkas e uma semana maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  8. Oi!!!!

    Maria Célia!
    Paris é apaixonante, tem uma dinâmica de nos deixar sem fôlego. Saímos do cinema desejando voltar.rsss

    Yasmine!
    Se pudesse teria contado todo aqui, mas não é de bom tom, não é mesmo?

    Sílvia!
    Que bom!
    Ah, vai assistir você vai amar!
    Quanto a Paris, quando puder vá, você não vai se arrepender nunca, só vai sentir vontade de voltar. Amei o filme!

    Bia!
    É um belo filme, gostei muito. Até que gosto do jeitão quase parando dele, é um bom diretor.
    Não deixe de ir, afinal na telona tudo fica mais bonito!

    Cris!
    Não conheço Viena por isso calo, mas sempre fui apaixonada por Paris, desde 10,11 anos. Quando fui pela primeira vez chorei.
    Vá você não vai se arrepender!

    Pipa!
    Não deixe de ir, você vai gostar!

    Betty!
    É ótimo mesmo!

    Beijos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  9. Oi Valéria
    Eu também fui assistir ao filme. De princípio já amei em reconhecer os lugares que visitei há alguns anos.
    Com o desenrolar da trama fui apreciando o enredo e a forma inteligente dele abordar os conflitos do protagonista. Fiz inclusive conversando com uma amiga a analogia da fuga e o rebobinar no tempo com o processo terapêutico.
    Coisas de terapeuta,rs,rs,....
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Val!!!

    Eu gosto mesmo de ver filmes é no cinema, só vejo em DVD em último caso, o problema é que às vezes os filmes não ficam muito tempo em cartaz, saem muito rápido das telas, mas este já vou ver logo para não perder!!!
    Adorei a tua análise!!!
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  11. Oi!!!
    Norma!
    Terminamos sempre assistindo com outro olhar.Como diretor ele sempre deixa muito de si mesmo nos filmes que faz, este não fugiu a regra.

    Bia!
    Obrigada!
    Também acho isso, tem filmes bobinhos que demoram bastante, mas bons filmes que logo saem de cartaz. Aqui temos outro problema, filmes que colocam nas programações futuras e nem aparecem.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Valéria,
    confesso que quando vi o trailer do filme não me interessei muito. Mas ao ler sua postagem meus olhos mudaram e já estou pensando em assistir.
    Estou criando o hábito de ir às quartas ao cinema, tem sido tão bom!
    Já vou incluir esse filme para a próxima semana e depois te conto o que achei!

    Um grande abraço,
    Carol :)
    http://bembemsimples.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Uia, Valéira!
    Estou louca pra ver também este filme, já é a segunda pessoa que diz que foi ver este final de semana e que adorou.
    Mas eu gosto dos filmes de Allen, talvez mais do que a pessoa dele. hehe
    E sobre Owen Wilson, também tenho uma certa resistência a ele, não é um ator que admiro assim, mas se Allen o convidou é porque sabia que ele faria bem seu papel.
    Boa dica, vou ver sim!
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  14. Deu vontade mesmo de assistir!ótimo dia,beijos,chica

    ResponderExcluir
  15. ADORO Woody Allen. To doida pra ver esse filme :)
    Adorei teu post.

    ResponderExcluir
  16. Oi!!!

    Carolina!
    Não deixe de ir é muito bom!
    Depois me conte!

    Beth!
    Eu também aprecio mais os filmes do que o criador.rsss
    Quanto ao Owen nunca gostei dele e consequentemente dos filmes que fez, mas ele está bem convincente no papel, um retrato de Woody Allen.

    Chica!
    É um excelente entretenimento! Parece que estou ganhando pela prpoaganda, não?rssss

    Cíntia!
    Pois vá , é ótimo!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  17. ôba! adoro carinho.Obrigada pelo comentário.
    p.s: menina eu vendo a foto de Paris aqui, e olhando a capa do novo jornal hoje..vc viu como está nossa cidade???afffff é de matar!
    rss beijo minha linda um ótimo dia pra vc

    ResponderExcluir
  18. Oi Valéria,
    O filme ainda não entrou em cartaz na minha cidade e não estou conseguindo baixar pela net. Estou sofrendo...
    :(
    Bjkas e uma ótima 3ª-feira para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  19. Oi minha querida...deu vontade de assistir este filme... com certeza deve ser belíssimo mesmo.
    Beijos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  20. Aiii, que vontadinha de conhecer Paris!

    ResponderExcluir
  21. Oi Valéria! Tudo bem?
    Sabe, um dos meus sonhos é conhecer Paris, por isso tenho certeza que vou gostar de ver este filme. Obrigada pela dica! Bjs

    ResponderExcluir
  22. Oi!!!!

    Yasmine!
    Você merece!
    Nossa cidade está horrível, um desmando só, que pena!

    Betty!
    Ainda não? Deve estar chegando então, começou sexta-feira em circuito nacional. Calma!rsss

    Valéria!
    Aconselho, é muito bom! Acho que vicê vai gostar!

    Mariana!
    Você é novinha, certamente terá sua oportunidade!
    Realizei o meu aos 46.rsss

    Flávia!
    Este filme é um alento pra quem nunca foi e pra quem já foi e não sabe se retornará e vai para matar a saudade. rsss

    Um grande beijo e bons festejos juninos!

    ResponderExcluir
  23. Valéria.,.faz tanto tempo que não vou ao cinema!!
    Acho que vou começar a ir sozinha..

    Ah..assisti o Cisne Negro com minha filha..foi o
    ultimo..
    Mas obrigada pela dica..

    E fico muito feliz com suas visitas!!

    Um bj!

    Ma

    ResponderExcluir
  24. Oi Valéria, que coincidência... mais uma vez visito seu blog e encontro um assunto em comum com o meu! Também assisti a esse filme e fiz um post-resenha. Eu realmente adorei o filme... fiquei louco para ir a Paris!

    ResponderExcluir
  25. Oi Petterson!
    Isto significa que temos bom gosto!rsss
    Estou sempre buscando ver Paris mesmo em filmes.rss
    Fui pela fotografia e fui conquistada por um conjunto perfeito. Também adorei o filme! Paris é meu sonho eterno.rsss

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...