Páginas

segunda-feira, 18 de julho de 2011

CIDADES HISTÓRICAS DE MINAS GERAIS - CONGONHAS/TIRADENTES

           Deixar Ouro Preto e ganhar a estrada novamente foi um momento baixo astral da viagem afinal estava muito bom a estadia ali. Enfim de volta as estradas, o destino era Tiradentes com direito a uma pequena paradinha em Congonhas.
          Congonhas uma das cidades mais tradicionais de Minas Gerais teve sua origem nos tempos em que mineradores portugueses se viram atraídos pelo ouro da região. Entre eles o bandeirante Feliciano Mendes que ali chegando e ao ficar doente alcançou uma graça de seu padroeiro Bom Jesus de Matosinhos e a pagou construindo a Igreja Bom Jesus de Matosinhos o maior marco hoje desta cidade principalmente por seu acervo basicamente de obras de Aleijadinho. Em seu interior tem destaque a imagem do Senhor Morto motivo de peregrinação durante o jubileu de Congonhas. Pelos grandes nomes do barroco mineiro que ali trabalharam como Mestre Ataíde, João de Cavalhares, João Nepomuceno entre outros o valor artístico desta igreja acrescentando aí os doze profetas e as figuras das capelas dos Passos, obras de Aleijadinho no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é incalculável e certamente compreende o maior conjunto da mais alta expressão do barroco brasileiro. Os doze apóstolos foram esculpidos em pedra sabão e este trabalho durou cinco anos. Em posturas teatrais trazem pergaminhos com suas profecias. Já os Passos da Paixão estão em seis capelas e estão distribuídas no Pátio da Igreja representando os últimos momentos de Cristo, o Passo da Ceia, Horto, Prisão, Flagelação e Coroação, Calvário e Crucificação. São consideradas como as últimas obras de Aleijadinho e foram esculpidas em madeira durante três anos e policromadas por Mestre Ataíde.      
Basílica do Senhor Bom Jesus do Matosinhos

Capelas com os Passos da Paixão de Cristo



A Santa Ceia

Monte das Oliveiras

Prisão de Cristo

Flagelação e Coroação de Espinhos

Subida do Calvário

Crucificação

           Foi uma breve visita e continuamos em direção à Tiradentes. Cercada por serras a pequena Tiradentes tem seu charme, que para nós ficou meio ofuscado pela instalação de estandes para uma exposição de motos clássicas que acontece anualmente no último final de semana de junho e transforma a cidade com apresentações de shows de rock o que ia ocorrer no dia seguinte e tomou conta de toda a Praça central, a Praça Largo das Forras. Nesta cidade a maior parte de seu casario e de suas igrejas foi construída durante a primeira metade do século XVIII. A Igreja Matriz de Santo Antonio foi construída a partir de 1710 e seu frontispício foi projetado somente um século depois por Aleijadinho. É considerada a segunda igreja mais rica do país sendo ornada por aproximadamente 482 kg de ouro e belíssimas pinturas. Possui um belo órgão alemão vindo de Portugal e a nave em caixotões foi pintada com passagens do novo e do velho testamento.

Igreja Matriz de Santo Antonio ao fundo

Ruas de pedras no centro histórico de Tiradentes

A Igreja ao fundo e a Câmara ao lado direito
 
                                                              
A cidade

A bela fachada

O frontispício da Igreja

A cidade vista da Igreja

O órgão

O altar-mor

O interior da Igreja

A Praça Tiradentes próximo a Igreja

           Outra Igreja é a de S. Francisco de Paula situada em um mirante natural da cidade, o morro de São Francisco, no Largo de S. Francisco e lá está encravado um cruzeiro de 1718. É uma das mais belas vistas da cidade. Vou ficar devendo a mim mesma descobrir Tiradentes como gostaria a começar pela escolha da pousada que pela internet engana até na localização, no centro histórico que nada...

A Igreja de S. Francisco e o entardecer

           O forte da cidade também é o seu rico artesanato distribuído em seu intenso comércio seja de roupas, pedra sabão, doces e cachaças. Surpresas a descobrir são os variados restaurantes da Rua Direita que fica romanticamente iluminada a noite.


26 comentários:

  1. Oi val!!!

    Uma aula de história, as fotos ficaram ótimas. Acho que o ponto negativo das viagens é mesmo enfrentar as terríveis estradas do nosso país, tão mal cuidadas,né? Falta infra-estrutura, muito descaso das autoridades, é uma vergonha isto, a gente vê nos países desenvolvidos com estradas maravilhosas, nada de ruas esburacadas e não cobram pedágio, aqui é pedágio para tudo quanto é lado e igualmente buracos por todos o lados, é uma aventura e coragem enfrentar essas estradas BRASIL afora.
    Uma excelente semana!!!
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Val!
    Estou adorando essa viagem mineira.
    Eu conheci Tiradentes em apenas duas horas, mas com certeza ainda voltarei lá...
    Xero!

    ResponderExcluir
  3. Val minha Linda!!

    Obrigada por me apresentar estas belas cidades mineiras, que por incrível que pareça, eu com mais de 40 ( não conta pra ninguém ), não conheço.

    Mas é uma das coisas que estão na minha listinhas de "coisas a serem realizadas ".

    Obrigada pela aula.

    Quanto a sua pergunta sobre meu acervo. Veja..
    tenho o hábito de fotografar todas as peças que crio.
    algumas que vc viu já não estão mais comigo.
    Ou foram vendidas ou foram dadas de presente.
    Em aniversário, casamento etc.
    E tenho claro, várias comigo. Inclusive estou nesta treça, quarta e quinta em um stand num grande congresso metalurgio em sp. Fui convidada para representar a arte. Fiquei super feliz, porque foi a primeira fez que estou expondo individualmente em um congresso. Vou tirar fotos, depois a minha intenção é posta-la.
    Um beijinho com carinho,

    Ma

    ResponderExcluir
  4. Valéria, Congonhas eu conheço, mas não Tiradentes.
    escuto pessoas de vários estados falarem sobre as cidades históricas mineiras e eu, tão petinho, nunca visitei a maioria delas.
    Mas nada que não possa ser consertado.
    É só esperar passar o frio, pois elas são geladinhas! rsrrs
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Valéria!
    Estou encantada com a história e com as fotos...excelente post!
    Bjão e ótimo dia:)

    ResponderExcluir
  6. Passando pra agradecer o carinho e deixar um beijo!chica

    ResponderExcluir
  7. Oi!!

    Bia!
    Vimos de um tudo pelas estradas, inclusive para ilustrar sua observação, em um trecho todo irregular, sem acostamento, tal, tinha vários pedágios, meu cunhado que é muito divertido perguntou dizia umas piadas para os caixas e indagando o porque dos pedágios o caixa respondeu morrendo de rir que era pela estrutura da estrada, veja só!rsss Mas valeu muito a pena!

    Pipa!
    Também passamos pouco tempo em Tiradentes, estava um caos e um pouco descaracterizada. Preciso voltar também.

    Ma!
    menina não me admiro, fui conhecer com 51, você ainda tem tempo.rss
    Muito interessante a história do seu acervo, certamente a catalogação foi um ótimo recurso, pelo menos fica com uma lembrança, acho que dói a separação. Parabéns então pela exposição! Sucesso!

    Lúcia!
    Que é isso menina! Bom mesmo é no friozinho! Você anda, anda e nem sente, a temperatura ajuda.rsss Vá conhecer, você não vai se arrepender!

    Roberta!
    Obrigada! Agora é conhecer ao vivo e a cores.rsss

    Chica!
    Você merece! Boas férias!

    Andressa!
    Oi! Seja bem vinda!

    Beijão e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Passando para saber um pouco mais da viagem... e viajar tbm!! hehe

    bjkas flor, e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  9. Oi Valéria,
    Meu marido fala muito de Tiradentes. Ainda vou conhecer...
    Beijos 1000 e uma 3ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  10. Obrigada nos mostrar um pouco mais da beleza de nosso país, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  11. Salve Valéria! Era ruim assim a pousada, é? Ou só a localização que não prestava? Gostei desse ponto da viagem, mas também fiquei incomodado com o evento e os show que tiraram o charme da cidade pacata. Enfim... não dá pra ganhar todas, né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi!!

    Mari!
    Que bom! Gosto muito de viajar com vocês!

    Betty!
    Você vai gostar muito!

    Lisette!
    Obrigada pela visita! Que bom que gostou!

    Ernani!
    Pela internet parecia beeeem melhor, foi uma decepção mesmo. Quanto ao evento tirou o todo o charme da cidade, mas ainda tenho a chance de ver com outros olhos.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Valeria, voce bate otimas fotos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Valéria,
    Obrigada pelas palavras carinhosas no meu blogue. Tb adoro ter vc como amiga.
    Bjkas e um Dia do Amigo maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  15. Valéria! feliz dia do amigo! obrigada pelo carinho
    beijão

    ResponderExcluir
  16. Quantas coisas lindas,não?

    FELIZ DIA DOS AMIGOS!!!

    beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  17. Oi Valéria, vim aqui me encantar com as histórias das Minas Gerais. Estou amando! Obrigada.
    Beijos e Feliz dia do Amigo!

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde amiga!
    Feliz dia, dia do Amigo
    obrigada pelo carinho de sua presença amiga
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  19. Oi Garotas!

    Cíntia, Betty, Yasmine, Chica, Sílvia e Maria Alice obrigada pelo carinho sempre. Feliz dia do amigo para vocês!

    ResponderExcluir
  20. Que delicia seus posts recheadíssimos de fotos!! Dá pra viajar com você! Acredita que meu nome é Mariana por causa da cidade e até hoje (com quase 25 anos) não a conheço??? Beijoos!

    ResponderExcluir
  21. Oii amr, só estou passando aqui para desejar um feliz dia do amigo !

    Beeijão,

    Taíssa
    http://garotaspuroluxo.blogspot.com
    htt://garotaspuroluxo-store.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Passei para te desejar FELIZ DIA DO AMIGO!
    Sei que você faz parte das pessoas que tem amigos, e quem tem amigos tem motivos para ser feliz!

    Gd Beijo

    ResponderExcluir
  23. oi Valéria.
    Esta é uma verdadeira viagem ao tunel do tempo. Quanta história, não é mesmo e com esta guia, tudo fica entendido.
    Obrigada pela divulgação acima.
    bjs

    ResponderExcluir
  24. Querida Valéria,
    Congonhas eu conheço bem, pois sou oriunda de Conselheiro Lafaiete, que está a vinte minutos de lá. Tiradentes conheço pouco, mas passei a conhecer melhor através de seus olhos e de suas fotos.
    Você se transformou num guia turístico perfeito. Tiro o chapéu para você.
    Obrigada pelas palavras carinhosas em meu recanto.
    Deixo aqui um abraço carinhoso pelo Dia do Amigo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Oi!!!

    Mariana!
    Obrigada pelas palavras carinhosas!Que legal esta homenagem! Mariana é muito bonitinha! Eu só fui conhecer agora, você tem tempo!

    Taíssa!
    Obrigada e seja bem vinda!

    Gil!
    Obrigadão!
    E estou conquistando mais ainda aqui na blogosfera, assim como você.

    Norma!
    Que bom! Faço isso com o maior prazer!Claro, vai ser uma linda festa!

    Vera Lúcia!
    Você merece Vera!
    Obrigada pelas palavras gentis! O prazer é meu em viajar com vocês!

    Beijão!

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...