Páginas

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

O QUE NÃO É DO MEU FEITIO

 
 
               O que é feitio: s.m. Forma, configuração. Disposição de espírito.
               Esta palavra é bem antiga, até já usei umas poucas vezes, mas fazia algum tempo não a escutava. Aqui a usaremos como uma disposição de espírito, um jeito peculiar de ser e fará parte de minha participação na Ciranda Interativa "O que não é do meu feitio" proposta pela amiga Calu do Fractais da Calu.
               Ninguém é perfeito, todos temos algumas imperfeições, mas também temos o nosso lado melhor que se complementam e nos forjam. Sou de um feitio complicado. Costumo dizer que bipolar.rss
               Não é do meu feitio conservar coisas por muito tempo. Sou completamente desapegada de coisas materiais e quando algo já não me serve ou interessa me desfaço, passo para frente para que tenha serventia para quem precisa. Assim também não é do meu feitio ter por ter, ir acumulando coisas desnecessárias.
               Não é do meu feitio ficar parada e aguentar tudo calada, tenho um pavio meio curto e até já foi bem mais curto e graças a ele fui muitas vezes criticada.
               Como sou muito tímida não é do meu feitio falar muito, fazer elogios, paparicos e entrar com facilidade em lugares estranhos.
                Bom, é mais ou menos isso, já falei demais...
                 Um excelente final de semana para todos!

26 comentários:

  1. Falaste bem, disseste direitinho como és e o que não é do teu feitio. beijos,lindo e feliz fim de semana! chica

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga querida!!!
    Não é do meu feitio ficar sem te visitar aqui que é DO QUE EU GOSTO... rsrs
    Adorei saber um pouco mais de você!
    Beijos, lindo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,Valéria!!

    Lindo amiga!!Também não guardo coisas(nem sentimentos negativos), o desapego é um exercício de liberdade!
    Linda participação!!!A ciranda da Calu está belíssima!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oii Valéria, muito bom ler o que não é do teu feitio e saber mais de ti, tbém não é do meu feitio o apego, se não tem mais utilidade não guardo, Gostei da sua participação na Ciranda! Um ótimo final de semana! Bjooosss

    ResponderExcluir
  5. Menina,
    agora que vc estava se empolgando em descrever o que não é do teu feitio,o reflexo dele se mostra e dá-se por encerrado em tua participação,mas para o que foi revelado, creio que teu feitio apareceu um bocadinho, heim?
    O bom desta ciranda é isto, uma identificação que vai acontecendo pouco a pouco e agregando afinidades, como a que compartilho contigo: não ter por ter.Permitir a compartilhação.
    Estou super contente em tê-la na ciranda.Obrigada por participar, viu?
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida amiga Valéria
    Foi bom conhecer um pouco mais de vc... cada um com o seu feitio!!!
    O pavio curto vai crescendo em nós a medida que os anos vão chegando...rsrsrs...
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Querida Valéria, gostei de sua participação.
    Apegar-se a coisas materiais, também não é do meu feitio, pois prezo pelo espiritual.
    Eu tenho pavio curto, e confesso ser difícil de controlar...rs.

    Parabéns pela tua participação.
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, Valéria!
    O legal desta ciranda proposta pela Calu é que vamos conhecendo de cada um aquilo que não é de seu feitio, e você já disse tudo em poucas palavras, ou seja, não é mesmo de falar muito e jogar conversa fora. rsss
    Com relação a se desfazer das coisas que não mais precisa e passar em frente eu sou igual, aqui em casa nada fica pra museu, vou doando e me sinto feliz de dar com prazer para quem precisa.
    um beijão carioca


    ResponderExcluir

  9. Oi Valéria,
    Interessante esta ciranda. Mais dicas sobre você e sua personalidade. Também já fiz uso desta expressão, mas há muito ela sumiu do meu vocabulário. Minha mãe a usava muito.

    Adorei ser o número 5000 de seus comentários, pois assim você se lembrará sempre de mim. Parabéns por merecer tantos comentários.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Assim conhecemos um pouco mais de vc.
    Retrato em poucas palavras!
    Suficiente para a conhecer melhor.
    BFS.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  11. Oi Val!!!

    Costumo usar esta expressão: "Não é do meu feitio", tantas coisas que realmente não são do meu feitio, gostei de saber as que você considera importante.
    Ah!!! Fiquei curiosa de ver a decoração daí que você falou ser inspirada no mar... mesmo não tendo muito à ver com o espírito natalino parece algo bonito e diferente.
    Um ótimo fim de semana!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  12. Valeria,como ficou linda e sincera sua participação!Tb sou de pouco falar e só discuto por causas injustas!...rss...bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  13. Olá!Boa tarde!
    Valéria!
    Tudo bem?
    ... cada ser humano tem as suas particularidades, e isto, é muito fácil de perceber, mas certamente muito difícil de aceitar. Cada um de nós, tem as suas histórias, crenças e pensamentos, experiências, os modelos familiares, os comportamentos. Por isso, penso que o apego às coisas desnecessárias,o seu pavio curto em determinados momentos, a timidez em lugares desconhecidos, "que não é do seu feitio" são os valores enraizados, constituem a sua essência. As pessoas são únicas. Todos nós sabemos que nenhum ser humano é perfeito. E, principalmente, nós também não somos perfeitos. Por mais virtudes que tenhamos, em algum momento da vida, cometeremos pequenos ou grandes deslizes. Ou seja, as pessoas são como são, pelas próprias razões, que complementam e forjam... e não para magoar ninguém...
    Parabéns pela participação na Ciranda!
    Ótimo final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Valéria,
    desapego não é algo fácil, poucos conseguem ser assim, posso dizer que hoje amadureci muito nessa questão, mas falta muito ainda.. Gostei da sua franqueza! Gr. Bjooo!

    ResponderExcluir
  15. Oi Valéria
    Gostei de ler seu texto relacionado com o que não é do seu feitio.
    Somos parecidas em alguns aspectos, também não é do meu feitio falar muito, fazer elogios, paparicos e entrar em lugares estranhos.
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi Valéria!
    Também estou na ciranda com vocês, postei hoje e apesar de estar trabalhando, vou espreitando as participações conforme posso.
    Também não é do meu feitio acumular coisas, nem é do meu feitio ser apegada. Assim que tenho um tempinho, logo escolho e empacoto para doar a quem precisa. E não é do meu feitio ser consumista.
    Beijinhos. Gostei de encontrar você nesta interação da Calu.
    Rute

    ResponderExcluir
  17. Minha amiga, vejo que temos um "feitio" meio parecido...rsss

    Também não sou uma acumuladora, muito pelo contrário, acabo me desfazendo das coisas talvez até antes do tempo...detesto guardar o que já não estou utilizando, também não é do meu feitio falar demais, digo, sou uma pessoa mais na minha, mas pavio curto até que eu não tenho não, meu pavio até que tem sido beemmm comprido ultimamente...rsss

    Beijo grande,
    Renata

    ResponderExcluir
  18. Oi Valéria,
    Confesso que não sou desapegada das coisas não,as minhas coisas duram uma vida toda,rs.
    Antes aguentava muito calada,mas hoje já falo mais quando não gosto das coisas,mas não sou de falar pra todo mundo,só pra quem é maia próximo.
    Um bom domingo,abraço,=)

    ResponderExcluir
  19. Querida, "falou pouco mas falou tudo"! Isso é que importa e foi bacana conhecê-la mais um pouquinho! Uma linda semana, com abraços e beijos!!

    ResponderExcluir
  20. Poucas palavras que disseram muito. Que bom que é desapegada, pois o apego é fonte de muito sofrimento.
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Valéria, não é do seu feitio falar de você, a não ser através de suas poesias...(Não participei da ciranda, mas esteou visitando quem participou).
    Estou fazendo uma recolocações de móveis aqui em casa e vejo que guardo coisas demais, papéis desnecessários, então é do meu feitio acumular coisas...Mas não compulsivamente.
    Gosto do seu jeitinho.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  22. Valéria,

    Que iniciativa bacana essa da Ciranda.
    Isso me fez pensar em tudo que: não é do meu feitio. Rs Acho que mista lista seria enorme.
    Muito legal a forma que você abordou o assunto proposto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi Valéria,
    muito legal seu post.
    Enquanto lia fiquei pensando: o que não é do meu feitio?
    Fiquei feliz de saber que posso fazer uma boa lista. Deixou meu coração mais leve.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  24. Valéria, eu também não compreendo pessoas que ficam acumulando "cacarecos", não sou apegado a coisas materiais tampouco, os únicos objetos que dou valor e considero que se eternizam são os livros. Tive este exemplo em família.
    Parabéns pelo seu texto.

    => CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

    ResponderExcluir
  25. Oi Valéria, estamos on-line rsrsrs

    Minha internet em casa é via rádio, e é meio a manivela rsrsrrs
    Estou colocando a leitura em dia, fazendo visitas - bem poucas, pela falta de tempo - e pensando no que preciso postar de mercadoria nova na loja, tudo junto e misturado rsrsrs
    Ah, sem falar que hoje é "meu dia de folga" então estou com roupa na máquina, já lavei louça, e estou tomando coragem p/ limpar o terraço.
    Aqui em São Paulo está um calor que deve ser bem parecido com o de vcs., mas é um calor seco, sem praia, sem mar por perto.
    Mulher consegue fazer 10 coisas bem feitas ao mesmo tempo, e ainda pensar rsrsrs

    Vc. é tímida, por isto que escreve bem, eu também sou, só que pelo trabalho aprendi a disfarçar e muita gente nem acredita que sou tímida rsrsrs


    Beijos e obrigada pela palavras


    Audeni

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...