Páginas

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CERRO CORÁ- UMA AVENTURA NO SERTÃO DO RN

 
 
               Quem visita determinadas regiões do sertão nordestino se depara com uma paisagem árida, onde a seca castiga e a natureza tão bela perdeu seu viço e deixa apenas indícios de que um dia foi formosa. Nele vemos resquícios de beleza da resistência, da sobrevivência e da esperança.
               Neste lugar inóspito, de caatinga, de terra rachada, muita poeira e casas de taipa emergem  belezas que a natureza sabe tão bem formar.
               Saindo de Natal fomos em direção a Cerro Corá, um pequeno município, que tem apenas 10 mil habitantes, que está localizado numa área serrana com 595 metros acima do nível do mar, a 180 km da capital e tem este nome em homenagem à última batalha da Guerra do Paraguai. Lá se pode encontrar a nascente do Rio Potengi, o Vale Vulcânico, tanques naturais, o açude Eloy de Souza, a Ilha do Sossego, as serras da Rajada e a Verde e sítios arqueológicos com suas inscrições rupestres.
               Ao chegar nos hospedamos na Pousada Colina dos Flamboyants situada à beira do açude que lhe empresta uma bela paisagem e é um pequeno paraíso em meio a tanta seca. De decoração rústica, mas de bom gosto a pousada tem uma ótima infraestrutura e oferece muitos passeios seja de pedalinho, caiaque, canoa, pau de arara, trilhas e trekking.
               À tardinha subimos o mirante que tem no cume um cruzeiro e de onde se pode ter uma visão de toda a cidade e presenciar o belo por do sol.
Imagens da pousada Colina dos Flamboyants




O pau de arara

Entrada do Vale vulcânico

O vale



O Cruzeiro

A vista da cidade

O pôr do sol

A lua

As diversas formações rochosas chamadas Convento



A pedra do beijo

E eles foram longe

A pedra que se equilibra
 
Pedra do Tubarão



As inscrições rupestres


A planta que resiste
 

10 comentários:

  1. PUXA!!Que linda viagem essa.Inusitada, diferente e cheia de coisas lindas pra ver! Adorei! Belas fotos! beijos,ótimo dia,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá minha querida Val!
    Belas fotos.
    Obrigada por me proporcionar este passeio maravilhoso.
    Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
  3. Conheço demais Val,inclusive esta pousada,lindo tudo ,terra boa.
    Vc recebeu meu convite pois tranquei o blog devido aos plágios,mas enviei pra vc ,me diga.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Não conheço esta região, é bem agreste. Some das telinhas, mas retorna nos presenteando com belas partilhas,
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Valéria, que beleza de lugar. Interessante como a natureza do local se adapta as condições a que estão sujeitas. A resistência dos Cactus e a interessante formação rochosa. O Soberano Cruzeiro, tudo muito lindo. Valeu, Valéria.
    Um abração
    Manoel

    ResponderExcluir
  6. Que legal Valéria, adorei a pedra do Beijo, super inusitada, muito bacana a viagem amiga, espero um dia explorar mais a região de Natal, só estive na capital! Bjoooss

    ResponderExcluir
  7. Ei Valéria
    Lugar diferente mas parece ser muito interessante.
    As fotos ficaram uma beleza.
    A Pousada é lindinha demais.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Valéria, tudo bom?

    Adorei as fotos, que lugar lindo!
    Como é lindo nosso nordeste!!!

    Acabo de conhecer seu blog, de cara já "viajei" nas fotos, vou conhecê-lo um pouco mais.


    Beijos


    Audeni

    ResponderExcluir
  9. Olá Valéria,

    Menina que lugar bonito, as fotos ficaram excelente.Gostei da Pedra do Tubarão parece mesmo.
    Adorei a postagem.

    Deixo um grande abraço!
    Ótimo fim de semana!

    Clica Refletindo Smareis

    ResponderExcluir
  10. Bom dia,Valéria!!

    Que lugar lindo!!!!!Dá vontade de conhecer!
    Aqui no sul,onde moro, sou cercada pelo verde.Lugares mais secos e áridos nunca vi.
    Beijos e meu carinho!!
    Obrigada por dividir o seu passeio.

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...