Páginas

sábado, 22 de dezembro de 2012

É NATAL!

 
 
Imagem do Google
 
Lindos sons
Em canções que renovam os corações
Daqueles que em sintonia se confraternizam
Cheiros e sabores
Na alegria de comidas em profusão.
É natal
O dia em que Ele nasceu!
Época de magia
E o milagre está em nos renovarmos
No desejo de paz, amor e fraternidade.
E o melhor presente não vem em caixas e fitas coloridas
Mas ele vem para colorir a vida,
É o amor que Ele nos ofertou!
Parabéns Jesus!
Nosso Salvador!
 
Valéria
 

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

SÓ UM RECADINHO


Imagem do Google

               É sempre desagradável passar muito tempo sem postar ou dar notícias, chego a me sentir culpada, mas estou sem muita inspiração e concentração. Por isso resolvi me desculpar pelo meu sumiço e dizer que logo que puder voltarei. Minhas visitas estão atrasadas e sinto falta delas, mas nem sempre as coisas são como queremos ou desejamos...

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

MEU PORTO SEGURO

 
 
Imagem do Google
 
Reconheci em você um porto
Quando não havia um porto em mim
Meu coração encontrou em ti
O equilíbrio
O conforto
O amor
No teu abraço, um abrigo
No teu olhar, um norte
Lá pude ancorar minhas alegrias e dissabores
Tenho em você meu porto, minha morada
Seu coração é meu céu,
Seu amor meu farol
Meu porto seguro é onde você está!
 
Valéria

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CERRO CORÁ- UMA AVENTURA NO SERTÃO DO RN

 
 
               Quem visita determinadas regiões do sertão nordestino se depara com uma paisagem árida, onde a seca castiga e a natureza tão bela perdeu seu viço e deixa apenas indícios de que um dia foi formosa. Nele vemos resquícios de beleza da resistência, da sobrevivência e da esperança.
               Neste lugar inóspito, de caatinga, de terra rachada, muita poeira e casas de taipa emergem  belezas que a natureza sabe tão bem formar.
               Saindo de Natal fomos em direção a Cerro Corá, um pequeno município, que tem apenas 10 mil habitantes, que está localizado numa área serrana com 595 metros acima do nível do mar, a 180 km da capital e tem este nome em homenagem à última batalha da Guerra do Paraguai. Lá se pode encontrar a nascente do Rio Potengi, o Vale Vulcânico, tanques naturais, o açude Eloy de Souza, a Ilha do Sossego, as serras da Rajada e a Verde e sítios arqueológicos com suas inscrições rupestres.
               Ao chegar nos hospedamos na Pousada Colina dos Flamboyants situada à beira do açude que lhe empresta uma bela paisagem e é um pequeno paraíso em meio a tanta seca. De decoração rústica, mas de bom gosto a pousada tem uma ótima infraestrutura e oferece muitos passeios seja de pedalinho, caiaque, canoa, pau de arara, trilhas e trekking.
               À tardinha subimos o mirante que tem no cume um cruzeiro e de onde se pode ter uma visão de toda a cidade e presenciar o belo por do sol.
Imagens da pousada Colina dos Flamboyants




O pau de arara

Entrada do Vale vulcânico

O vale



O Cruzeiro

A vista da cidade

O pôr do sol

A lua

As diversas formações rochosas chamadas Convento



A pedra do beijo

E eles foram longe

A pedra que se equilibra
 
Pedra do Tubarão



As inscrições rupestres


A planta que resiste
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...