Pular para o conteúdo principal

Postagens

O MEU MUNDO

‎"Por que você some? - me perguntou um amigo querido. Comecei a responder: eu sumo por que... E me dei conta de que a resposta já está aí, no "sumo", no sentido de "limite máximo, auge, ponto mais alto". É isso, às vezes fico no limite comigo, com tantas questões essenciais, com tanto empenho em descomplicar a vida, com essa mania torta de querer enxergar lógica em tudo e em todos, coisa que quase nunca dá certo. Eu caminho sem pegar atalhos, desafio o cansaço e... Pra quê? Quando me vejo forasteira de mim, já sumi e nem percebi”.  Luna Sanches Acho que para mim, essa justificativa caiu bem! Assim, vamos ver se em 2019 eu apareço mais por aqui. O meu mundo
Meu mundo é pequeno Não me permiti expandi-lo E me escondi, Nesta redoma que criei. Por vezes abro janelas para deixar a vida entrar E a vejo numa visão caleidoscópica Um pequeno mundo de ilusão Inversamente proporcional ao meu coração. Nas voltas que meu mundo dá Percorro as fronteiras de meu ser Deparo-me com sensações …
Postagens recentes

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

(RE) TORNAR

As pedras pelo caminho Algumas vezes Desviam-nos do rumo E nem sempre sabemos Onde nos levará Catamos as pedrinhas Deixadas como guia Vislumbramos uma luz E encontramos uma saída Que nos faz (re) tomar o caminho (Re) tornar (Re) encontrar um novo olhar E (re) escrever nas reticências da vida.  Valéria               Obrigada a todos que por aqui passaram mesmo na minha ausência e deixaram seus comentários e o seu carinho.                Um excelente final de semana!

SANTIAGO - OS PARQUES DA CIDADE

Faz tempo que não falo aqui sobre viagens, se bem que viajei para o Peru e voltei a visitar o Chile. No início de 2012 fizemos esta curta viagem à Santiago. Não foi a primeira vez que escolhemos esta cidade como destino. Gostamos muito de Santiago, é um destino imperdível e que nos conquistou desde nossa primeira viagem. Por sua localização privilegiada ela possui uma paisagem única. Desta vez escolhemos ficar no bairro de Providência. Sempre priorizamos em nossas viagens uma boa localização do hotel com a possibilidade de explorar a cidade a pé e aqui não foi diferente. A cidade é muito organizada, limpa e fácil de andar por ela. Os vários parques e praças distribuídos pelos diversos bairros emprestam a sombra de suas árvores para uma boa caminhada. Priorizamos nesta visita aproveitar o final do outono com seus tons avermelhados para desfrutar da boa temperatura e caminhar aproveitando do que aqui não faltam, as belas construções e os contrastes arquitetônicos, as vári…

É NATAL!

Lindos sons Em canções que renovam os corações Daqueles que em sintonia se confraternizam Cheiros e sabores Na alegria de comidas em profusão. É natal O dia em que Ele nasceu! Época de magia E o milagre está em nos renovarmos No desejo de paz, amor e fraternidade. E o melhor presente não vem em caixas e fitas coloridas Mas ele vem para colorir a vida, É o amor que Ele nos ofertou! Parabéns Jesus! Nosso Salvador! Valéria

MEU PORTO SEGURO

Reconheci em você um porto Quando não havia um porto em mim Meu coração encontrou em ti O equilíbrio O conforto O amor No teu abraço, um abrigo No teu olhar, um norte Lá pude ancorar minhas alegrias e dissabores Tenho em você meu porto, minha morada Seu coração é meu céu, Seu amor meu farol Meu porto seguro é onde você está! Valéria

CERRO CORÁ- UMA AVENTURA NO SERTÃO DO RN

Quem visita determinadas regiões do sertão nordestino se depara com uma paisagem árida, onde a seca castiga e a natureza tão bela perdeu seu viço e deixa apenas indícios de que um dia foi formosa. Nele vemos resquícios de beleza da resistência, da sobrevivência e da esperança.                Neste lugar inóspito, de caatinga, de terra rachada, muita poeira e casas de taipa emergem belezas que a natureza sabe tão bem formar.                Saindo de Natal fomos em direção a Cerro Corá, um pequeno município, que tem apenas 10 mil habitantes, que está localizado numa área serrana com 595 metros acima do nível do mar, a 180 km da capital e tem este nome em homenagem à última batalha da Guerra do Paraguai. Lá se pode encontrar a nascente do Rio Potengi, o Vale Vulcânico, tanques naturais, o açude Eloy de Souza, a Ilha do Sossego, as serras da Rajada e a Verde e sítios arqueológicos com suas inscrições rupestres.                Ao chegar nos hospedamos na Pousada Colina dos Fl…