Pular para o conteúdo principal

UM APÊLO...


Quando você olhar além de si próprio
Vai ver como tudo mudou,
Vai se espantar quando vê
Teus irmãos transformados,
Uma multidão desalinhada,
Semblantes perdidos,
Risos escassos,
Pessoas apressadas,
Ansiosas,
Problematizadas,
Dissecando angústias,
Avaliando possibilidades,
Calculando perigos.
Todas esquecidas de olhar para o céu,
E ver as estrelas,
A beleza do crepúsculo.
Rir para uma criança que passa,
Desejar um instante de amor.
Todos esquecidos que não somos máquinas,
Todos esquecidos que podemos,
Reencontrarmo-nos, amarmo-nos,
Falar com antigos amigos, antigos namorados,
De buscar o próximo com o coração.
Lembrando-se todos (com direito a licença poética)
Que uma máquina poderá aparecer
Com os sentimentos que nos esquecemos de ter.
Valéria

Comentários

  1. Valeria,que comovente e belo apelo de amor e sensibilidade para todas as pessoas!O mundo precisa de mais poesias como essa!Bjs,

    ResponderExcluir
  2. O mundo precisa de mais pessoas que pensem assim.
    Bela mensagem.

    bjim

    ResponderExcluir
  3. Valéria, é verdade, as pessoas estão cada vez mais fechados em si mesmos, com tempo apenas para sentar-se em frente da telinha e não pensar em nada. Esse é o lado ruim do progresso. Muita paz!

    ResponderExcluir
  4. Um belíssimo apelo Valéria, e que bom que já formamos uma família nos blogs onde podemos compartilhar dos mesmos pensamentos.
    Beijos pra ti com carinho!

    ResponderExcluir
  5. Valéria, o mundo está precisando de mais amor, de pessoas que abram mais seu coração sem medo.
    Adorei o post querida :)

    bjokitas com carinho master.

    ResponderExcluir
  6. Oi val!!!

    Que bonito!!! As pessoas parecem mesmo robotizadas, esta faltando o lado humano este materialismo doentio, louco e exagerado impede que muitos vêem as coisas maravilhosas da vida presentes no dia a dia. Bela reflexão e sensível poesia.
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  7. Que lindo Valéria!!! hoje estava pensando em algo assim. O tempo passa muito rápido. Consigo ver minha vida como capitulos de novela onde personagens entraram e sairam com muita rapidez e, às vezes, com muito conteúdo. Sei exatamente o porque vivo e para quem. Lindo seu texto!! beijos,
    Ana

    ResponderExcluir
  8. Tão verdadeiro isso... e bem triste, né??? Muitas pessoas estão esquecendo mesmo de como se olha nos olhos, como se abraça, como sorri... como diz BOM DIA!!! Estão robotizadas como verdaderias máquinas e tratando os outros como tal... uma pena... cabe a nós tentarmos resgatar o que realmente é essencial..
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Mais amor e menos complicação. Será que a gente consegue, Valéria?

    ;)

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  10. Valéria,
    Devo lhe confidenciar, e agora para toda blogosfera, que hoje em dia no meio corporativo onde meu marido trabalha, infelizmente isso não existe. As pessoas não se convidam para suas casas, no máximo um ou outro no ano quando aniversaria e geralmente em um clube ou casa de festas. Muito difícil pessoas que trabalham em grandes empresas se relacionarem com mais assiduidade e por esta razão eu vejo que levam suas vidas muito próprias. Viajam todos os anos nas férias para o exterior, comentam no horário do almoço e não passa disso.
    Estão todos voltados para seu próprio umbigo em nossa sociedade.
    Noutro dia quando meu marido comentou com um colega que mora num apartamento super em Ipanema, mas que na esquina pode ter uma família de mendigos morando, perguntou-lhe como se sentia vendo aquilo quando entrava com seu Land Rover na garagem - ele respondeu-lhe que virava para o outro lado, não olhava. esta é uma forma cômoda de se morar num bairro badalado, ter um carrão e viver sua vida simplesmente.
    É chocante, mas é a verdade.
    Para nós que vivemos muitos anos em cidade pequena, quase de interior, isto é muito agressivo, tanto quanto um assalto por um trombadinha.
    Desculpe, me alonguei demais, mas seu texto levou-me a esta reflexão e quero completar que não podemos perder este olhar sobre as coisas que nos cercam e com isso não virarmos máquinas como você está aqui colocando. Muito bom seu texto, dá pra falar muita coisa.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  11. Com os afetos estão se perdendo num tempo sem memória, com pressa e efêmero!

    Que lindo, Valéria! Meu abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia,Valeria!!

    Que linda mensagem querida!!
    Uma poesia que instiga a muitas reflexões!!
    Precisamos de mais amor e compaixão no mundo.
    Beijos!!
    Lindo dia pra ti!

    ResponderExcluir
  13. Sempre é bom ler um texto assim. ;)
    amor é sempre bem vindo, seja da forma que for!

    bjkas querida.

    ResponderExcluir
  14. Val,
    Eu também apelo!
    Apelo para que as pessoas transmitam ao próximo os sentimentos mais belos, amor, carinho, respeito e companheirismo.
    Apelo para que a Minha Pequena Sara não vivencie somente um mundo em que as pessoas dão mais valor a quantidade do que a qualidade, que ela possa ter fora de casa demonstrações de afeto iguais a que ela têm em nosso lar e que o Mundo seja Bom para ela e ela Boa para o mundo!
    Peço que no meu coração a esperança nunca morra, nem quero ser feliz todos os dias, só quero ter a esperança de que dias melhores sempre virão!

    Obrigada por esse lindo texto Val!

    Um ótimo Dia Pra Ti Flor!
    Beijinhos...
    Cintia
    *cintok.blogspot.com*

    ResponderExcluir
  15. Val..o mundo seria tão melhor se todos praticassemos o que escrito no seu poema não é?

    Mas sou otimista..ainda acho que o homem tem conserto..

    Linda sua mensagem..beijo...

    ResponderExcluir
  16. Para um pouco e reparar ao nosso redor.O mundo agoniza por falta de amor
    lindo Valéria
    beijão

    ResponderExcluir
  17. Lindo! Não podemos nos esquecer dessas coisinhas que podem tornar nossa vida melhor e a de outros também;.

    Temos que ter e passar amor, emoção, carinho...


    Máquinas, robôs? Nem pensar! beijos,chica( e pior que o mundo está cheio deles já!

    ResponderExcluir
  18. Ai Valéria, adoro vir aqui! Seu blog é lindo e me transmite uma energia tão boa...
    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  19. VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACGADO-MG). FALEM COMIGO!

    A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    ResponderExcluir
  20. A vida corrida nos faz esquecer o básico do básico.. o amor.
    Coisas simples que temos todos os dias passam despercebidas em nossas vidas.
    Resgatar isso, esses momentos eu acho que só com a maturidade... Comigo foi assim.

    Beijossss

    ResponderExcluir
  21. OI Valéria,
    O texto é lindo! Não devemos nos esquecer do que realmente é importante.
    Beijos 1000 e um ótimo meio de semana para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  22. Lindo texto Valéria!.. Certamente que precisamos olhar mais ao nosso redor e a todos que dele faz parte!

    Beijo grande em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  23. Olá Valéria
    Nesse corre corre de todos os dias, esquecemos de olhar as coisas simples, que fazem a beleza da vida.
    Bjux

    ResponderExcluir
  24. Apesar de tudo eu acredito que um dia
    tudo ficara bem e nós conseguiremos olhar
    alem de nós mesmos e ver tudo isso que
    vc diz no seu poema com tanto amor e clareza.
    Assim espero!
    Lindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Olá,Valeria!!!

    Tenha um lindo dia querida!!!
    Que seja bem alegre!!
    Beijos pra ti!!

    ResponderExcluir
  26. Que lindo seu apelo minha querida...é preciso despertarmos e olharmos tudo e todos com outros olhos, os do coração, acolhedor e pleno de amor...
    Beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  27. Oi Valéria,
    lindo seu post e comovente o seu apelo.
    Com certeza precisamos nos humanizarmos mais. Passar a ver o outro e o que nos rodeia com mais amor.
    É o que eu desejo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Olá Valéria,
    Parabéns pelo belo e sensível apelo!
    Precisamos, com urgência, nos tornarmos mais humanos. A correria e os compromissos são apenas desculpas para ignorarmos o sofrimento e a necessidade de nosso próximo. Comodismo de nossa parte, creio.
    É preciso amar muito, despertando nossos corações para a realidade que aí está, implorando-nos por solidadriedade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. PRIVILEGIARMOS OS AFETOS APESAR DE, SEMPRE, POIS SOMOS HUMANOS E SÓ SOBREVIVEMOS EM RELAÇÃO.

    BJS

    ResponderExcluir
  30. Coloque em seu coração os sonhos que você tem.
    ____¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦
    ___¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦
    _¦¦¦¦¦¦¦¦Os poderes que lhe pertencem e o amor mais
    ¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦(¯ `:´¯)¦
    ¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦(¯ `•.\|/.•´¯)¦
    ¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦(¯ `•.`(?).•´ ¯)¦
    _¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦(_.•´/|\`•._)¦ forte de que é capaz.
    ___¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦ (_ .:._)¦
    _____¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦E descobrirá a magia de ser feliz!
    ¦______¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦
    ¦¦_______¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦ Que Deus ilumine vc e sua sagrada Familia
    ¦¦¦¦_______¦¦¦¦¦¦¦ ¦¦¦¦¦¦______¦¦¦¦¦Este é o meu desejo para você.
    ¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦¦
    Um Abençoado e feliz final de semana.
    Beijos no coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  31. Ei Valéria!
    Vivemos em dias realmente difíceis.Adorei a postagem. Gd beijo

    ResponderExcluir
  32. Bom dia Valéria, voltei pra dizer que alguns seguidores dos "Versos Meus" reclamaram que não estão aparecendo, é só clicar novamente em particpar que normaliza, eu não excluí ninguém rsss são problemas técnicos do blog
    Beijossss

    ResponderExcluir
  33. Minha querida amiga

    Belissimo poema voce produziu!

    Um lembrete a nós todos, que devemos sair do nosso eu, e olhar em volta, para que percebamos que logo ali, tão próximo, vamos encontrar aqueles que nos trarão sempre a felicidade de compartilhar a vida conosco!

    Bom dia!

    ResponderExcluir
  34. Bom dia,Valeria!!

    Deixo um beijo!!
    Bom final de semana pra ti!!

    ResponderExcluir
  35. Uauuu!! Adoro quando vc publica suas poesias no blog! Pelo jeito, não é só eu, né?? Ta cheio de fã por aqui :)

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  36. Cada dia mais o distanciamento cria estes roboticos.Mas as pessoas sentem falta de um abraço afetuoso,mas se trancam e se matam.
    Linda reflexão Valeria.
    Um abração de toda paz e luz.
    Bju.

    ResponderExcluir
  37. Valéria

    Bela reflexão.
    O amor é a qualidade da alma.
    Vagueiam pelo nosso planeta almas feito máquinas,
    como disse Toninho bira.

    ResponderExcluir
  38. O egoísmo cega e deixa as pessoas cada vez mais frias, incapazes de ver o outro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Querida Val..
    lindo poema o seu!!!!

    Olha... se a pessoa não está bem ela não tem olhos para o belo. Não tem jeito.
    O melhor é sermos o exemplo..sempre..

    Vamos olhar o céu, dar um sorriso amigo e fazer a nossa parte..quem sabe assim alguém nos olha e siga o nosso exemplo!

    Um bj..

    ResponderExcluir
  40. É tão bom a gente se ligar e não esquecer do outro.
    Um beijo
    Denise

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostei de sua visita, volte sempre!

Postagens mais visitadas

COMO EU ME VEJO, COMO VOCÊ ME VÊ, COMO EU PENSO QUE VOCÊ ME VÊ... E COMO EU REALMENTE SOU!

Abrindo um parêntese no blog onde a proposta é só escrever sobre coisas boas e belas, do que realmente eu gosto, hoje venho fazer considerações não tão simpáticas, é, não só de coisas boas é formada a vida... Então...           Assim diz Clarice Lispector, sou como você me vê... Será? Tem alguns dias que ficamos perplexos em descobrir uma faceta até então desconhecida para todos de uma pessoa conhecida. De inicio ficamos perplexos, passado o susto inicial passamos a tentar decodificar sinais indicadores de tão triste passagem. Muitas vezes falamos com tanta propriedade sobre nós mesmos que demonstramos para os outros e para nós memos que conhecemos tudo o que somos, e de repente, bum! algo acontece, e como num surto aquilo que estava latente surge para quebrar a máscara, o disfarce. E fica a pergunta, mas como nunca percebemos isso?!          Para Carl Rogers, somos o que somos, e não aquilo que devemos ser...Será? É muito importante a percepção que temos de nós mesmos, a percepção…

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

MAIS UMA VEZ AVÓ!

Quase um mês! Eu parei no tempo, mas ele continuou a passar fazendo acontecer muitas coisas boas e outras nem tanto. Estou atrasada com minhas leituras dos blogs amigos, a quem peço desculpas, mas aos poucos retomarei a vidinha na blogosfera.             Para me fazer sair um pouco do marasmo em que estava vi parte de mim renascer com o nascimento de meu terceiro neto dia 18/10. Vinícius nasceu para junto com sua irmãzinha completar a família do meu primogênito. É sempre uma dádiva ver acontecer o milagre da vida e é impossível não se emocionar quando se olha para aquele ser tão pequenino, tão frágil e tão lindo. Toda a felicidade do mundo para Vinícius!