Páginas

segunda-feira, 28 de março de 2011

CHILE - CASAS MUSEUS DE NERUDA - PARTE II - LA SEBASTIANA

        "La Sebastiana" foi a segunda casa que visitamos e é assim chamada em homenagem ao seu construtor e primeiro morador, Sebastián Collado, um espanhol que, depois de procurar por um lugar de onde ele poderia ter uma visão completa de Valparaíso, começou a construir esta casa com o propósito de viver lá, quando seus filhos se casassem. Sebastião veio a falecer e procurando por um imóvel onde pudesse descansar de suas andanças e da vida em Santiago, Neruda a encontrou e comprou. Assim chamando-a ele dizia estar homenageando um homem que mesmo não sendo um poeta de versos o era da construção.
         Depois de inserir na casa seu estilo característico, náutico e de um apaixonado colecionador em 18 de setembro de 1961 ele inaugurou a casa com grande festa convidando todos seus amigos para comemorar. Desde então, ele lá morou em vários períodos e principalmente nos períodos de final de ano para comemorar o Ano Novo, inclusive o último que viu nascer, 1973. Com a vista privilegiada podia contemplar o tradicional espetáculo pirotécnico que havia no porto. Enquanto esteve lá, escreveu muitas obras importantes que o consagrou e o fez ganhar o prêmio Nobel de Literatura em 1971.
         A casa é bem maior que La Chascona e é composta de vários níveis com acesso por muitas escadinhas estreitas e aqui a particularidade é que podemos visitá-la e passear por jardins e pelo seu interior sem um guia, mas com um audioguia, um aparelhinho parecido um telefone onde vão sendo indicados todos os locais e contados os fatos relacionados aos mesmos e a vida de Pablo Neruda. São cinco andares, o primeiro andar ou entrada Velasco, é composto de quadros contando a vida de Neruda. Subindo uma escada em espiral chega-se ao segundo andar.
         O segundo andar é a entrada original da casa, indo no corredor em direção a antiga porta duas belas esculturas douradas de mulher emolduram a porta. Já no andar propriamente dito, o terceiro, a sala e a sala de jantar encontram-se, por exemplo, a mesa posta com belas louças, um cavalo talhado em madeira trazido de Paris, uma grande poltrona em couro La Nube onde Neruda sentava para contemplar o mar pelos grandes painéis de vidro e que nos chama à atenção. Uma coleção de garrafas coloridas de várias formas completa a decoração junto a um bar, onde Neruda preparava drinques, para os seus amigos.
        No quarto andar, está o que costumava ser o quarto e o banheiro de Neruda. Junto à cama de ferro uma cômoda trazida de um navio. "Eu sou um marinheiro de boca", dizia ele, porque ele preferia olhar para o mar a partir de terra e navegar no oceano. De lá, ele tinha uma impressionante vista panorâmica de toda a Valparaíso.
        No quinto andar está o escritório com sua mesa de trabalho posta sempre próxima à janela com uma vista inspiradora para seus poemas e também um grande mapa da América cobre a parede.
        Na casa se conservam ainda coleções de mapas antigos, de marinas e outras pinturas, peças curiosas como caixas de músicas e relíquias trazidas do porto e das suas muitas viagens.
        La Sebastiana também foi saqueada depois do golpe militar, mas foi restaurada graças ao apoio da Telefônica da Espanha em 1991, ano em que foi inaugurado o Museu, e em 1997 também com o apoio da Telefônica foi criado o Centro Cultural, um anexo da casa.

Entrada da Casa

Paisagem vista da sala

As paisagens que ele desfrutava

Facha da casa - os vários níveis

Foto do site da Fundação - Escrivaninha na sala e a
vista inspiradora

Foto do site da Fundação - O cantinho preferido

Foto do site da Fundação - A sala e o cavalo

Foto do site da Fundação - Suas várias coleções

5 comentários:

  1. Oi Val!!!
    Noooosaaa!!! Que linduooo esta outra casa de Pablo neruda, ele tinha mesmo muito bom gosto, a vista é um espetáculo, as fotos ficaram ótimas. Eu não sabia da história das casas dele fiquei sabendo aqui no teu blog, adorei essa viajem cultural e de belezas tão artesanais.
    Boa semana!!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  2. Oi Bia!
    Obrigada, você é um doce de pessoa!
    É cada casa mais bonita que a outra, ele tinha vistas privilegiadas!Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Valéria,
    Nesta casa eu estive e me apaixonei! Que vista!
    Bjkas e uma semana maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Betty!
    Esta é mesmo maravilhosa! De cada cômodo uma vista mais bonita!Bjo!


    Oi Ana!
    O Chile é uma viagem completa, uma natureza privilegiada e tudo de bom e bonito! Bjo!

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...