Pular para o conteúdo principal

DENTRO DE CADA UM DE NÓS

Imagem do Google

            “Dentro de nós há uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos...” José Saramago
              Todo o dia é esta rotina massacrante, em que temos de viver a nossa própria realidade tendo que enfrentar as vicissitudes da vida, viver seus altos e baixos, transpor muitas vezes obstáculos que nem imaginávamos que teríamos tamanha coragem para fazê-lo. São batalhas constantes entre o conhecido e o desconhecido, entre momentos de coragem e medo, de força e fraqueza. Como diz a velha lenda é uma batalha entre dois lobos que existem dentro de nós, em que um é mau e outro bom, um sempre à espera de vencer o outro, esperando para se revelar. É uma batalha entre sentimentos e desejos desencontrados em que devemos estar de olhos e coração abertos para a riqueza de possibilidades que existe dentro de nós, e deixar fluir a energia que nos fará vencer e transformar qualquer obstáculo em degrau para a realização de nossos sonhos. É uma questão de como olhar a vida, se possuímos a habilidade para sonhar certamente existirá dentro de nós a força e desejo para realizar esses sonhos. Só depende de nós!

“Enfeite-se com margaridas e ternuras

 E escove a alma com flores
 Com leves fricções de esperança
 De alma escovada e coração acelerado
 Saia do quintal de si mesmo
 E descubra o próprio jardim...”
 Carlos Drummond de Andrade

Comentários

  1. É preciso um sonho para nos fazer levantar e enfrentar a rotina massacrante, os reveses diários e ainda manter a esperança de vê-los realizados.

    ResponderExcluir
  2. Os nossos sonhos nos liberta das dificuldades que as vezes a razão nos impõe.

    Por dentro eu sempre me persegui. Eu me tornei intolerável para mim mesma. Vivo numa dualidade dilacerante. Eu tenho uma aparente liberdade mas estou presa dentro de mim.
    Clarice Lispector

    Quero me enfeitar de margaridas e ternuras e sair do quintal de mim mesma!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Valeria,como o que escreveu é verdade!A vida depende muito da maneira como olhamos para ela!Se vemos um bom dia mesmo com toda correria do cotidiano, será um bom dia!ADOREI o texto!bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo,Valéria! Vim deixar um beijo,chica

    ResponderExcluir
  5. Belo texto.

    Depende muito da maneira com que encaramos a vida.
    Mas no geral..se mudarmos as nossas ações, as reações tamvém mudarão.

    Um beijo...

    ResponderExcluir
  6. Descobrir a beleza do próprio jardim deveria ser nossa primeira busca. Com ela, nossa forma de olhar o mundo, de enfrentar nossos desafios, será mais leve, certamente.


    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Valéria,
    Creio que todos nós temos mais força do que julgamos ter e só na necessidade é que conhecemos esta força.
    Beijos 1000 e uma ótima noite para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  8. Meus lobos estão terríveis: puxam-me para um lado e outro!
    Difícil conquistar o meio termo, encontrar o caminho do meio, mas tocamos e seguimos, que a vida é isso mesmo, né não? "...A vida é luta renhida, viver é lutar!"
    Bjsssssssssssssssss, quérida!

    ResponderExcluir
  9. É difícil chegar a um bom senso...
    às vezes nos falta coragem, mas é tudo besteira. Os medos são nossos limitadores, mas a coragem é tão fascinante que qdo a conquistamos, nada nos segura num mesmo lugar por muito tempo.

    Um beijo enorme pra vc, Valéria!

    ResponderExcluir
  10. Val querida,
    Quanta sintonia heim! Também acabei de escrever sobre sonhose por coincidência você também está falando sobre isso. Adorei tudo que escreveu, tudo depende da forma como vemos a vida!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  11. Um texto e uma reflexão na força que se cala denttro de nós, impedindo de realizarmos a propria felicidade que está ali no jardim, quando só olhamos para o quintal.Um carinhoso abraço e bela semana de paz e alegria.

    ResponderExcluir
  12. Olá Valéria,

    Sonhos e esperança sempre nos darão força para seguir nossa caminhada independente dos desafios diários. Com nossa alma alimentada conseguiremos um equilíbrio maior diante das intempéries e nossa rotina se tornará tolerável e até satisfatória, dependendo do nosso olhar para a vida.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Que maravilha de reflexão, Valéria! Que nossas batalhas internas tragam sempre bons resultados.
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi Valéria, apesar da rotina ás vezes ser um pouco massacrante temos que encontrar coisas que nos façam bem, que nos dêem forças para continuar, e vamos indo, dia após dia, com certeza chegaremos lá.
    Lindas as palavras do Drumond, dá uma sensação boa na gente.
    Beijos e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  15. Entre a rotina e o nosso caos interno ,sonhar é uma vitória,mas sempre existe espaço. Meu beijo Val..

    ResponderExcluir
  16. Oi Val!!!
    Realmente tudo nasce primeiro dentro de nós e assim vamos construindo nossa vida aqui na terra, o comportamento geram as ações consequentemente cada um cria um ambiente a sua volta... um gesto, uma decisão... pode mudar toda uma vida, por isso tão importante a maneira como vamos lidar com os acontecimentos.
    Também adoro seus comentários no meu blog, são sempre sábias palavras. É bem como você falou, a vida é como um boomerangue, existe até uma música chamada boomerangue e que fala mais ou menos isto.
    Uma boa semana!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  17. Sonhar é um privilégio e não é pra qualquer um...
    Quem trabalha duro e tem muitos filhos pra criar, chega em casa e não tem tempo nem pra comer...quanto mais sonhar!!!
    Eu sonho, medito, penso...E aos poucos vou construindo meu jardim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Ei Valéria
    Que beleza de texto, achei o máximo.
    A batalha entre dois lobos, um bom e outro mau é uma realidade em nossa vida.
    Bjo e boa noite.

    ResponderExcluir
  19. Tenha um lindo dia e continue a cuidar de seu precioso jardim!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Oi Valéria

    Tudo tem o verso e o reverso como o dia e a noite.A batalha entre os dois lobos existe para o equilíbrio que deve permear em todos nós.

    Amei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Levei o pensamento, pois é muito belo!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. E que essa rotina seja enfeita diariamente por nós mesmos colorindo sempre o nosso jardim.
    Bom dia amiga!!!
    Xeros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que texto lindo e verdadeiro, Valéria! Sei bem o que são essas " batalhas constantes entre o conhecido e o desconhecido, entre momentos de coragem e medo, de força e fraqueza". O importante é seguirmos em frente e fazermos o melhor que podermos.
      As palavras de Drummond completaram a beleza desse post.
      Bje ótima quinta,
      lylia

      Excluir
  23. Oi Valéria,
    Muito legal seu blog e seus textos.
    Esse aqui acredito que se encaixa para todo mundo, sempre.
    Todos os dias estamos assim mesmo, lutando entre os dois lados, oscilando entre acreditar e desacreditar que somos capazes!
    To chegando agora nesse mundo de blog, mas já to arrependida. Deveria ter chegado antes , =)
    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Seja bem vinda! Fui visitar seu blog, mas não encontrei nde comentar. Muito legal sua narrativa, quase como um romance. É a eterna bataklha entre o sonho e a realidade, o amor, o amar, vale a pena sempre.
      Beijinhos!

      Excluir
  24. Valeria, só passei para reler seu texto e desejar uma boa quinta!bjs,

    ResponderExcluir
  25. Lindo textto, apesar de confrontar a ambiguuidade do existir, o fez de forma poética.
    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostei de sua visita, volte sempre!

Postagens mais visitadas

COMO EU ME VEJO, COMO VOCÊ ME VÊ, COMO EU PENSO QUE VOCÊ ME VÊ... E COMO EU REALMENTE SOU!

Abrindo um parêntese no blog onde a proposta é só escrever sobre coisas boas e belas, do que realmente eu gosto, hoje venho fazer considerações não tão simpáticas, é, não só de coisas boas é formada a vida... Então...           Assim diz Clarice Lispector, sou como você me vê... Será? Tem alguns dias que ficamos perplexos em descobrir uma faceta até então desconhecida para todos de uma pessoa conhecida. De inicio ficamos perplexos, passado o susto inicial passamos a tentar decodificar sinais indicadores de tão triste passagem. Muitas vezes falamos com tanta propriedade sobre nós mesmos que demonstramos para os outros e para nós memos que conhecemos tudo o que somos, e de repente, bum! algo acontece, e como num surto aquilo que estava latente surge para quebrar a máscara, o disfarce. E fica a pergunta, mas como nunca percebemos isso?!          Para Carl Rogers, somos o que somos, e não aquilo que devemos ser...Será? É muito importante a percepção que temos de nós mesmos, a percepção…

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

MAIS UMA VEZ AVÓ!

Quase um mês! Eu parei no tempo, mas ele continuou a passar fazendo acontecer muitas coisas boas e outras nem tanto. Estou atrasada com minhas leituras dos blogs amigos, a quem peço desculpas, mas aos poucos retomarei a vidinha na blogosfera.             Para me fazer sair um pouco do marasmo em que estava vi parte de mim renascer com o nascimento de meu terceiro neto dia 18/10. Vinícius nasceu para junto com sua irmãzinha completar a família do meu primogênito. É sempre uma dádiva ver acontecer o milagre da vida e é impossível não se emocionar quando se olha para aquele ser tão pequenino, tão frágil e tão lindo. Toda a felicidade do mundo para Vinícius!