Pular para o conteúdo principal

SER CRIANÇA


Imagem do Google

Ser criança é viver de fantasias
Tecer contos de fadas
Sorrir fácil
Se reinventar entre mundos de magia
É se descobrir
E descobrir o mundo a cada dia
É poder brincar livremente
É correr no parque
Mas, não vá tropeçar!
É se lambuzar de guloseimas
É viver o encantamento da inocência
É viver despreocupada
É ser livre
Para em seus primeiros passos
Sentir a própria alegria de viver e sonhar!

Valéria

               Um excelente final de semana para todos!

Comentários

  1. Que lindo,Valéria e ser criança é muito legal e encantador .Precisamos ter a criança em nós, independente da idade! beijos,lindo fds pra ti também,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia,Valéria!!!!

    Ser criança é maravilhoso!!!!Precisamos manter aquele pedacinho especial de ser criança bem vivo dentro de nós!!!!
    Beijos minha amiga!!!!
    Ótimo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Valéria!
    Tem horas que eu solto a criança que ainda vive em mim.
    Baixei no Ipad um gatinho e papagaio que falam comigo, marido e filho morrem de rir da minha cara, mas acham legal, dizem que eu pareço criança nestas horas.
    linda sua poesia.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  4. O melhor é poder continuar sendo criança durante toda a vida. Essas coisas ótimas que vc descreveu podem ser feitas em qualquer idade!
    Beijos e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Infância tão necessária e tão tolhida hoje com uma série de ocupações que os pais impoem aos filhos. Triste!!!!.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Que lindo!

    a gente canta, a gente dança , a gente não se cansa de ser criança; a gente brinca na nossa velha infância...
    Arnaldo Antunes .

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiii Valéria ser criança é maravilhoso, conserva-la dentro de nós é melhor ainda! Adorei o texto! Bjooooss

    ResponderExcluir
  8. Oi Valéria
    Ser criança deve ser tão bom, não? Digo isto, porque tenho poucas lembranças da minha infância.
    Sei que fui feliz, brinquei demais, era muito inocente, porque minha mãe já me falou, mas me lembro pouco.
    Devo ter sido como no seu poema.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. ...traigo
    ecos
    de
    la
    tarde
    callada
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    VALERIA

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE THE ARTIST, TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA,JEAN EYRE , TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  10. Que coisa boa a gente ser criança e conservá-la em nós apesar da passagem do tempo. Bem, eu vou tentando por aqui.
    Beijos, Valéria.
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  11. É principalmente conservar o espírito lúdico...
    Sem fantasias e sem ilusões o mundo fica sem sal e
    sem tempero algum...Sem graça demais!!!

    Bjusssss

    ResponderExcluir
  12. Nosso período, nesse mundo mágico, vai contribuir para a maneira com que encararemos nossos desafios, na vida adulta.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Ser criança é tão lindo,as crianças tem um outro olhar do mundo e das pessoas,elas tem inocência,pureza,coisas que nem sempre estão nos adultos.
    lindo post,um ótimo feriado,
    abraço Valéria,=)

    ResponderExcluir
  14. Que maravilha, Valéria.
    A minha criança retornou nesse teus lindos versos.
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostei de sua visita, volte sempre!

Postagens mais visitadas

COMO EU ME VEJO, COMO VOCÊ ME VÊ, COMO EU PENSO QUE VOCÊ ME VÊ... E COMO EU REALMENTE SOU!

Abrindo um parêntese no blog onde a proposta é só escrever sobre coisas boas e belas, do que realmente eu gosto, hoje venho fazer considerações não tão simpáticas, é, não só de coisas boas é formada a vida... Então...           Assim diz Clarice Lispector, sou como você me vê... Será? Tem alguns dias que ficamos perplexos em descobrir uma faceta até então desconhecida para todos de uma pessoa conhecida. De inicio ficamos perplexos, passado o susto inicial passamos a tentar decodificar sinais indicadores de tão triste passagem. Muitas vezes falamos com tanta propriedade sobre nós mesmos que demonstramos para os outros e para nós memos que conhecemos tudo o que somos, e de repente, bum! algo acontece, e como num surto aquilo que estava latente surge para quebrar a máscara, o disfarce. E fica a pergunta, mas como nunca percebemos isso?!          Para Carl Rogers, somos o que somos, e não aquilo que devemos ser...Será? É muito importante a percepção que temos de nós mesmos, a percepção…

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

MAIS UMA VEZ AVÓ!

Quase um mês! Eu parei no tempo, mas ele continuou a passar fazendo acontecer muitas coisas boas e outras nem tanto. Estou atrasada com minhas leituras dos blogs amigos, a quem peço desculpas, mas aos poucos retomarei a vidinha na blogosfera.             Para me fazer sair um pouco do marasmo em que estava vi parte de mim renascer com o nascimento de meu terceiro neto dia 18/10. Vinícius nasceu para junto com sua irmãzinha completar a família do meu primogênito. É sempre uma dádiva ver acontecer o milagre da vida e é impossível não se emocionar quando se olha para aquele ser tão pequenino, tão frágil e tão lindo. Toda a felicidade do mundo para Vinícius!