Pular para o conteúdo principal

A LUA

 

Imagem do Google
 
Olhei para o céu
E nele poucas estrelas brilhavam
Como pequenos diamantes.
Mas, ela lá estava,
Linda e cor de prata
Iluminando esta noite primaveril.
De lá me escuta e sorri.
Que prazer olhar para o céu
E te ver tão bela!
Eu e a lua
Com o infinito entre nós.
Lua cheia, lua linda, lua minha,
Faz morrer de inveja estas poucas estrelas
Que insistem em brilhar.
Tu que passeias tranquila no céu
Brilha e comanda a vida com tuas fases.
E hoje te fazes bela neste casamento perfeito com o sol.
Lua dos namorados, dos sonhadores e poetas.
És cheia de magia e encantos
Tanto que a meu coração aquietas!
♥ ♥ ♥
E como um buquê
Encontro a sua lua no céu infinito
E trago para você.
 
 Valéria
Para a lua que se fez tão bela na noite de  30/09/2012.
 
Um excelente final de semana para todos!

Comentários

  1. Bom dia,Valéria!!!!

    Que poesia tão romântica!!!!A lua anda belíssima,mas tem dias que tem mesmo um brilho especial!Te inspirante maravilhosamente!!
    Beijos,minha amiga!!!

    ResponderExcluir
  2. Oii Valéria, a Lua inspira belos poemas, e poesias, acho que não deve existir quem diga não gostar dos mistérios da Lua, da sua beleza, principalmente em noites como essa que relatou, será que existe quem não olhe p lua e não se sensibilize com ela de alguma forma?! Lindo! Bjinhossss

    ResponderExcluir
  3. A lua nos encanta sempre.Adoro também!! Lindo aqui sempre,Valéria!beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Valéria!
    Quando anunciaram que o homem havia chegado na lua, tenho minhas dúvidas que isso aconteceu, pensei que se fosse verdade, muitas pessoas iriam achar que a magia da lua tinha terminado, mas graças a Deus que isso não aconteceu e a magia continua e minha dúvida de que o home chegou lá mais ainda.
    Lindo seu poetar, amei...muito obrigada por seu carinho em meu blog...beijinhos e lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  5. Linda homenagem às noites enluaradas. A lua nos passa magia do inalcançável. A luda em que o homem pisou não á a que embalas os sonhos românticos.
    bjs
    Bom final de semana

    ResponderExcluir
  6. Acertos acima: A lua no qual o homem pisou não é a que embala os sonhos românticos.

    ResponderExcluir
  7. Olá Valéria
    É impressionante como a lua nos fascina, toda uma aura de mistério, sonho e magia.
    Belíssimo poema.
    Um ótimo final de semana pra você.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Val!!!

    Adorei começar o fim de semana lendo sobre a LUA, tão infinitamente bela!!!
    Ótimo fim de semana!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  9. Ola Val,

    A lua é encantadora, eu a admirava quando estava se erguendo ao céus ainda com um tom amarelo, mas grande cheia de luz, quando se destaca no céu não tem para ninguém, nenhuma luz reflete tão bela quanto ela, fantástico poema.

    Um grande beijo, tenha um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Valéria,
    a lua é sempre inspiradora e você a descreveu com muita delicadeza e magia.
    Apesar de todos os estudos e recursos tecnológicos ninguém tira a majestade e poder da lua que sempre toca o nosso coração.
    Beijinhos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  11. Valéria, que bela homenagem a essa linda exaltação à lua. Gostei desse trecho:

    "Lua cheia, lua linda, lua minha,"

    Um lindo final de semana para você também.
    Um abração
    Manoel

    ResponderExcluir
  12. Oi Valéria,
    Ah a Lua,costumo sempre dizer que sou uma apaixonada pela Lua,essa que tanto nos encanta,que nos desperta para a poesia,que faz os grandes comporem lindas canções de amor,que faz companhia aos amantes e que encanta a nós,seus admiradores.
    Um lindo domingo,abraço,=)

    ResponderExcluir
  13. Olá, Valéria!

    Estou há três dias com problemas para acessar e/ou comentar nos blogs amigos, uma droga!

    Olha, esta sua declaração à lua, lembrou-me do começo do meu namoro com meu atual marido: ele tem um par de binóculos ótimo! E ficávamos, sempre que possível namorando a d. lua! Uma delícia! Deu-me até idéias!
    Belo poema e bela homenagem!
    Bjsssssssssssssss, quérida!

    ResponderExcluir
  14. Um poema que nos convida a olhar a lua, contemplá-la e nos deixar envolver!! Confesso que não olhei para o céu ainda e estou tentada a subir para o meu terraço e reler o seu poema para a lua :) Vamos?

    ResponderExcluir
  15. Um momento magico da natureza Valeria,que sua belissima inspiração coloriu com arte num lindo poema.Quero crer que a Lua ficou ainda mais vaidosa ao lhe ver nesta criação.
    Linda semana pra voce.
    Meu terno abraço e admiração.

    ResponderExcluir
  16. Bela luna,
    que te inspirou neste poema a relatar toda a magia deste astro encantador.
    Vejo-a sorrir feliz com tua linda homenagem.
    Bjkas e boa semana.
    Calu

    ResponderExcluir
  17. Putz, e eu cheguei atrasado.
    Já acabou o fim de semana e provavelmente já mudou um tanto o céu. Ainda bem que a lua continua lá. Fiquei pensando nas tantas vezes em que ela me inspirou assim (embora minhas palavras não saíssem tão belas).
    bjos e boa semana

    ResponderExcluir
  18. Cantou a beleza da lua com arte. Embora ela se mostre para todos, cada um alimenta sentimento diverso ao fitá-la. Bjs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostei de sua visita, volte sempre!

Postagens mais visitadas

COMO EU ME VEJO, COMO VOCÊ ME VÊ, COMO EU PENSO QUE VOCÊ ME VÊ... E COMO EU REALMENTE SOU!

Abrindo um parêntese no blog onde a proposta é só escrever sobre coisas boas e belas, do que realmente eu gosto, hoje venho fazer considerações não tão simpáticas, é, não só de coisas boas é formada a vida... Então...           Assim diz Clarice Lispector, sou como você me vê... Será? Tem alguns dias que ficamos perplexos em descobrir uma faceta até então desconhecida para todos de uma pessoa conhecida. De inicio ficamos perplexos, passado o susto inicial passamos a tentar decodificar sinais indicadores de tão triste passagem. Muitas vezes falamos com tanta propriedade sobre nós mesmos que demonstramos para os outros e para nós memos que conhecemos tudo o que somos, e de repente, bum! algo acontece, e como num surto aquilo que estava latente surge para quebrar a máscara, o disfarce. E fica a pergunta, mas como nunca percebemos isso?!          Para Carl Rogers, somos o que somos, e não aquilo que devemos ser...Será? É muito importante a percepção que temos de nós mesmos, a percepção…

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

MAIS UMA VEZ AVÓ!

Quase um mês! Eu parei no tempo, mas ele continuou a passar fazendo acontecer muitas coisas boas e outras nem tanto. Estou atrasada com minhas leituras dos blogs amigos, a quem peço desculpas, mas aos poucos retomarei a vidinha na blogosfera.             Para me fazer sair um pouco do marasmo em que estava vi parte de mim renascer com o nascimento de meu terceiro neto dia 18/10. Vinícius nasceu para junto com sua irmãzinha completar a família do meu primogênito. É sempre uma dádiva ver acontecer o milagre da vida e é impossível não se emocionar quando se olha para aquele ser tão pequenino, tão frágil e tão lindo. Toda a felicidade do mundo para Vinícius!