Pular para o conteúdo principal

VIAJO NAS PALAVRAS

 
Imagem do Google
 
Viajo por um breve momento.
Uma viagem nas palavras.
Viro-me pelo avesso.
Por vezes elas me faltam
Para construir
E preencher os silêncios e vazios
Mas penso e sinto através das palavras
Nas palavras soltas
Que o vento traz
E que me remetem ao passado
E me levam ao futuro.
Palavras que dançam e criam vida.
Por vezes me disperso neste mundinho insustentável
Perco-me e encontro-me nelas.
Viajo sem pressa.
Percorro longas distâncias
Numa viagem solitária pela alma
No mundo confortável das palavras.
E é no universo imaginário das palavras que sonho e me liberto.
 
Valéria


Hoje estou no Ponto de Encontro da amiga Norma do Blog Pensando em Família.

Comentários

  1. Lindo!!!
    Que você continue viajando, encontrando-se e nos presenteando com as palavras.
    Adorei Val.
    Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
  2. Lindo e viajaste lindo aqui e lá na Norma. Adorei! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Valéria o talento de viajar nas palavras é p poucos, muitos se perdem nelas, adorei! Bjoooss

    ResponderExcluir
  4. Valeria,nas palavras vc voa e nos leva junto nesse mundo de sonhos e poesia!Ficou maravilhosa!bjs,

    ResponderExcluir
  5. O mundo das palavras é um mundo encantado onde podemos criar e dar asas a toda nossa imaginação! E você sabe muito bem se utilizar delas para se expressar como quer!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. A palavra leva-nos aonde a nossa imaginação consegue chegar...
    Muito lindo sem dúvida...
    Parabéns

    ResponderExcluir
  7. Que bom compartilhar das suas palavras e da paixão por elas.
    As palavras são sem dúvidas uma das melhores formas de viajar...
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. OI Valéria,
    Adorei o poema e tb viajo nas palavras, ao ponto de gostar de algumas mais pelo som do que pelo significado.
    Bjs 1000 e um ótimo meio de semana para vc.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  9. Amiga, realmente não existe um MUNDO mais confortável do que aquele no qual encontramos arquiteturas de belas palavras... Lindo. Abraços!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Valeria
    Que bom que você viaja nas palavras, e com elas você cria poemas lindos como este.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Viajar con las palabras hace que tus maletas contengas bellas estrofas como las de esta Poesía.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  12. As suas palavras mostram o seu universo em forma de poesia que transportam emoções e nos encantam.
    Lá no meu espaço e por aqui os rastros delas que ficam em nosso ser.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Valéria,
    e a sua viagem nas palavras nos proporcionam também prazerosas viagens!

    -
    Ao contrário de você aqui é tão comum ouvirmos/lermos a palavra botina que na maioria das vezes sai 'butina'. :D

    beijinhos :**
    Carol
    www.umblogsimples.com

    ResponderExcluir
  14. Valéria, adorei sua postagem e o mais surpreendente é que eu percebi que minhas palavras também servem para "preencher os silêncios e vazios". Muito legal não é?
    Um abraço!
    Manoel

    ResponderExcluir
  15. Valéria, esta é uma viagem que não frusta e sempre nos surpreende. Belo poema!

    Tenha uma quinta-feira maravilhosa!

    Bjooooooo

    ResponderExcluir
  16. Oi Val!!!

    Também viajamos nas palavras aqui no seu blog e não consigo imaginar a vida sem livros e a leitura, inconcebível viver sem ler, para mim é como respirar.
    Bom dia pra você!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  17. Olá, Valéria...
    Voltando ao Blog, fui indicada com um Selo Dardos...e repassei a você...
    Abraço carinhoso,

    ResponderExcluir
  18. As palavras são nossos tapetes mágicos, que nos transportam para todos os mundos de aquém e d'além do chão e do céu.
    Lindas palavras estas que te trouxeram aqui, Valéria.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  19. Oi Valéria,
    viajar nas palavras é para poucos e você o faz com beleza e sensibilidade. Que bom poder ler os seus escritos.
    Linda a sua poesia no blog Pensando em família. Eu sou uma pessoa privilegiada, tenho ótimos amigos virtuais e considero você como sendo uma delas. Obrigada!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  20. Essa viagem é presente para quem tem sensibilidade e imaginação. As palavras propiciam voos inesquecíveis, colocando realidade nos sonhos. Bjs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostei de sua visita, volte sempre!

Postagens mais visitadas

COMO EU ME VEJO, COMO VOCÊ ME VÊ, COMO EU PENSO QUE VOCÊ ME VÊ... E COMO EU REALMENTE SOU!

Abrindo um parêntese no blog onde a proposta é só escrever sobre coisas boas e belas, do que realmente eu gosto, hoje venho fazer considerações não tão simpáticas, é, não só de coisas boas é formada a vida... Então...           Assim diz Clarice Lispector, sou como você me vê... Será? Tem alguns dias que ficamos perplexos em descobrir uma faceta até então desconhecida para todos de uma pessoa conhecida. De inicio ficamos perplexos, passado o susto inicial passamos a tentar decodificar sinais indicadores de tão triste passagem. Muitas vezes falamos com tanta propriedade sobre nós mesmos que demonstramos para os outros e para nós memos que conhecemos tudo o que somos, e de repente, bum! algo acontece, e como num surto aquilo que estava latente surge para quebrar a máscara, o disfarce. E fica a pergunta, mas como nunca percebemos isso?!          Para Carl Rogers, somos o que somos, e não aquilo que devemos ser...Será? É muito importante a percepção que temos de nós mesmos, a percepção…

UM NOVO ANO

Imagem do Google  Folheio o livro Com cheiro de novo E com páginas em branco Onde escreverei com letras douradas E forjarei cada presente de meu futuro. Nele um novo recomeço Um tempo de renovação. De reinventar-se De transformar sonhos em realidade. É um novo ano que se inicia E por um breve momento Todos os corações em sintonia Darão boas vindas a ele. Um novo tempo que nos traz esperança em dias melhores. Por isso acreditemos nas novas possibilidades... E sejamos felizes! Valéria Um ano novo abençoado para todos nós!

MAIS UMA VEZ AVÓ!

Quase um mês! Eu parei no tempo, mas ele continuou a passar fazendo acontecer muitas coisas boas e outras nem tanto. Estou atrasada com minhas leituras dos blogs amigos, a quem peço desculpas, mas aos poucos retomarei a vidinha na blogosfera.             Para me fazer sair um pouco do marasmo em que estava vi parte de mim renascer com o nascimento de meu terceiro neto dia 18/10. Vinícius nasceu para junto com sua irmãzinha completar a família do meu primogênito. É sempre uma dádiva ver acontecer o milagre da vida e é impossível não se emocionar quando se olha para aquele ser tão pequenino, tão frágil e tão lindo. Toda a felicidade do mundo para Vinícius!