Páginas

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

CALA-TE

 

Imagem do Google
 
Se nada tens a dizer
Senão de dor, de solidão,
Cala-te!
Cala este choro no silêncio da noite
Fruto da inconstância do viver.
Silencia tua mente e escuta o teu coração
Escuta tuas emoções.
Silencia...
O silêncio nem sempre sufoca
Ele sossegará tua alma
E trará paz ao teu coração.
Só não cala tuas verdades
Que querem romper o silêncio e gritar
Elas são o teu tesouro.
 
Valéria

24 comentários:

  1. Que lindo,Valéria!! Quantas vezes é muito melhor calar do que falar...

    Adorei! beijos,ótimo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. MARAVILHOSO!!!
    Lindo demais amiga.
    Você escreve lindamente Val.
    Beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  3. Amiga... perdoe-me, agora que percebi que não tinha ainda seguido o teu blog. Essa tua amiga é distraída as vezes pra isso... a mana que me dá uns toques pra seguir quando gosto de um blog.
    Mas agora tá tudo certinho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia Valéria.
    Que saibamos calar quando for necessário, mas que soltemos a voz quando a verdade estiver gritando dentro de nós.

    Beijos com carinho.
    Tenha um maravilhoso dia.

    ResponderExcluir
  5. Oii Valéria, concordo, as vezes a gente fica gritando aos ventos os nossos problemas qdo deveríamos nos silenciar e ouvir as soluções ao invés de contaminar as pessoas com maus agouros rsrs! Bjooosss e ótima quarta amiga!

    ResponderExcluir
  6. Oi queriida
    A inportãncia de estar conosco para ressurgir das trevas.
    Linda expressão poética.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Amo o silêncio Valéria!
    É no silêncio que temos as mais belas conversas com Deus, com nós mesmo e com o amor da nossa vida.
    Um beijo silencioso em seu coração e paz e bem.

    ResponderExcluir
  8. OI VALÉRIA!
    MUITAS VEZES CALAR É SINÔNIMO DE SABEDORIA, MAS QUANDO ESTIVEREM CONTESTANDO NOSSAS VERDADES JAMAIS DEVEMOS DEIXAR DE
    MANIFESTÁ-LAS, POIS REPRESENTAM UM DOS DIREITOS MAIORES DO SER HUMANO, QUE É O DE EXPOR, O QUE PENSAMOS...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  9. Olá Valéria
    Como gosto do silêncio, curto mesmo com prazer.
    Belíssimo poema, um encanto.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. Maravilha de final!! Que as verdades jamais sejam caladas!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Quase sempre é no silêncio onde nos confortamos.

    Bom dia Val e um xero bem grande!!!

    ResponderExcluir
  12. Valéria, seu blog é lindo!

    Tem uma energia boa!!!

    sua cidade é maravilha! Um pedaço de céu!

    Ganhou uma leitora! Beijos!

    Verônica

    ResponderExcluir
  13. Valéria, que inspiração gostosa essa sua. Adorei isso:

    "Silencia tua mente e escuta o teu coração"

    O silencio muitas vezes equilibra o grito das nossas verdades, não é?
    Um abração
    Manoel

    ResponderExcluir
  14. Oi Valéria,
    muitas vezes o nosso silêncio fala mais que mil palavras.
    Para mim o silêncio, o meu silêncio, me deixa em paz e me faz bem.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  15. menina que forte isso! amei,amei! beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi Valéria,
    Adorei o poema. Eu sou mais para quietinha, sabia?
    xoxo

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  17. Valéria, vim aqui deixar o meu carinho!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  18. Valeria,sempre uma beleza de poesia!Recado muito pertinente pois se nada temos de bom a dizer melhor nos calarmos,mas nunca calar o que nos vai ao coração!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  19. Somente no silêncio podemos ouvir a verdade que os sentimentos insistem em nos dizer. E esta, jamais deverá ser calada. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  20. O que calar/O que falar...escolha que passa pela razão a mando do coração.Saber qual escolher é tarefa da emoção, que essa linda poesia veio retratar.
    Bjos Valéria.
    Calu

    ResponderExcluir
  21. O silêncio provoca tanto...
    Maravilhoso querida!!!!
    Paz e bem

    ResponderExcluir

  22. Olá Valéria,

    É através do recolhimento silencioso que nossa voz interior se faz ouvir. Este silêncio é salutar, mas não aquele que cala a palavra que precisa ser dita em nome de nossas verdades.

    Um belo poema de reflexão.

    Beijo e obrigada por ser uma amiga tão especial.

    ResponderExcluir
  23. Poema sabedoria.
    Linda construção para a perfeita reflexão.
    Saber calar é tudo nesta vida Valeria.
    O calar que não é submeter.
    Meu abraço amiga.
    Gostei.

    ResponderExcluir
  24. Muitas vezes observamos tantas burrices, vivenciamos tantas agressões, tantos absurdos que nada melhor do que nosso silêncio. Nos poupamos do estresse e de muitos dissabores. Adoro o silêncio em todas as suas manifestações!

    beijossss.

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...